BIOhiit Academia planeja ampliar investimentos em 2024

Made In Encantado

BIOhiit Academia planeja ampliar investimentos em 2024

Casal Mônica e Marcelo assumiu a gestão total da empresa no ano passado

Por

Atualizado sexta-feira,
01 de Dezembro de 2023 às 09:33

BIOhiit Academia planeja ampliar investimentos em 2024
Mônica e Marcelo transformaram a Educação Física em projeto de família (Foto: Diogo Fedrizzi)
Encantado

“Cursei Educação Física com o sonho de ter a minha academia”. A afirmação é de Mônica Cima, 41, que ao lado do marido Marcelo Labres, 38, administra a BIOhiit Academia. A estrutura conta com oito colaboradores e, desde 2018, ocupa um prédio de 790 metros quadrados na Rua Duque de Caxias, 1103, no centro.

O espaço é dividido em dois ambientes. Numa das salas são realizados os treinamentos de musculação e na outra os exercícios do TF BIO, método próprio criado pela BIOhiit para complementar os exercícios funcionais, que incluem treinos específicos de cross e musculação. “Os anos de experiência nos fizeram perceber que faltava complementar o funcional, por isso criamos o TF BIO. Os resultados são excelentes”, comemora a empresária.

Mônica nasceu em Encantado e viveu a infância no bairro Planalto. “Moramos em três casas diferentes na Rua Relvado”, lembra. Como os pais trabalhavam fora, a mãe era costureira e o pai funcionário da Dália, ela foi criada pelos avós paternos junto com Darjela, a irmã mais velha. Estudou nos colégios Agostinho Costi, Domênico Vicentini, Farrapos e Scalabrini, até iniciar a graduação na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) quando tinha 17 anos. “Estava em dúvida entre psicologia e educação física”, revela. Logo no início da faculdade, Mônica começou a trabalhar como professora de recreação na Associação Pró-Menor Encantadense (AME) e, em 2006, tornou-se sócia de Everton Giacomolli na administração da antiga academia Bioritmo. “Antes de me formar já tive essa importante experiência”, salienta.

Marcelo é paranaense, da cidade de Medianeira, e veio para Encantado aos 14 anos. Logo que chegou à cidade começou a treinar na categoria juvenil do Esporte Clube Encantado e depois integrou o elenco do Internacional. O falecido pai era seu maior incentivador para se tornar jogador de futebol. “Fiquei um ano no grupo principal do juvenil do Inter, mas depois fui dispensado e voltei para casa. Ainda joguei um tempo em clubes amadores da região e depois parei”, conta Marcelo, que nesse período começou a namorar a Mônica. “Ela foi a minha grande inspiração para eu me interessar pela Educação Física”.

Desde novembro do ano passado, o casal comprou a parte de um terceiro sócio e assumiu a gestão total da BIOhiit. “É um desafio diário, além de professores, somos gestores de pessoas”, diz Mônica. O 2023 também tem sido especial para os dois, que se tornaram pais da Antônia, de 5 meses. “Profissionalmente, parece que estou começando o ano agora. Entendi que era necessário me afastar um pouco e priorizar a chegada da nossa filha”, observa a educadora física, que projeta para fevereiro do ano que vem a renovação de todos os equipamentos de musculação.

“São quase 70 máquinas que vamos trocar. Alguns aparelhos ainda são do início da academia. Na sala da TF BIO também vamos incluir máquinas novas, para ampliar a opção de movimentos e exercícios”, antecipa Mônica. “Temos garra e determinação em querer sempre algo a mais. Poderíamos manter o que temos e seguir em frente, mas queremos inovar e trazer aparelhos de última geração para beneficiar os nossos alunos”, acrescenta Marcelo.

Acompanhe
nossas
redes sociais