Turistas são levados para Santiago por exército chileno

NEVASCA NO CHILE

Turistas são levados para Santiago por exército chileno

Previsão de mais uma forte nevasca preocupa autoridades

Por

Atualizado terça-feira,
12 de Julho de 2022 às 11:40

Turistas são levados para Santiago por exército chileno
(Fotos: divulgação / arquivo pessoal)
Mundo
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O grupo de 34 turistas do Vale do Taquari que está retido na fronteira entre o Chile e a Argentina, na Cordilheira dos Andes, será transportado na manhã desta terça-feira, 12, para Santiago. O transporte será feito pelo exército chileno.

LEIA MAIS: “A viagem dos sonhos se tornou uma frustração”

Uma das integrantes do grupo, Lia Bittencourt Mendes Kich, relata que a orientação repassada aos turistas é que devem desocupar os ônibus e que podem levar as suas bagagens.

“A aduana vai fechar até hoje à noite. A previsão é de uma forte nevasca chegar novamente por aqui. Ainda não sabemos onde vamos ficar. Não recebemos essa informação”, conta.

Banho e refeições

Lia também conta que na tarde de segunda-feira, 11, caminhões do exército chileno foram na aduana buscar as pessoas que já quisessem ir para outro alojamento nas proximidades. O grupo de turistas do Vale do Taquari optou por permanecer no ônibus, dentro do pavilhão da aduana. “Era mais quente. E o pessoal daqui já nos conhecia, tínhamos o que comer e estávamos bem acolhidos. Preferimos não arriscar”.

No momento não neva e a temperatura é de -8 ºC. Máquinas trabalham para limpar as pistas e possibilitar o tráfego de veículos.

O grupo chegou na aduana por volta das 14h de sábado, 9. Depois de passar o fim de semana sem banho e com apenas uma refeição na noite do domingo, 10, os turistas receberam três refeições nesta segunda-feira, 11.

(Fotos: divulgação / arquivo pessoal)

“Estão sendo mais solidários com a gente. Estão nos servindo. Ontem comemos um sanduíche na parte da manhã. Meio-dia teve sopa e para jantar nos serviram lentilha. Quem trabalha aqui comeu primeiro, e depois eles chamam nós que estamos alojados”, relata Gerson Henrich da Silva, outro turista de Estrela que está na viagem.

Ainda, alguns dos turistas conseguiram tomar banho. Funcionários da aduana cederam os banheiros dos seus alojamentos.


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsAppInstagram / Facebook