Novo complexo na cidade da Oktoberfest

Opinião

Thiago Maurique

Thiago Maurique

Jornalista

Coluna publicada no caderno Negócios em Pauta.

Novo complexo na cidade da Oktoberfest

Por

Estado
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

A construtora Cigha, uma das marcas do grupo Imojel, com sede em Lajeado, apresentou ontem à noite o novo complexo em Santa Cruz do Sul. München Open Mall & Residence oferece um ambiente seguro, prático, aconchegante e repleto de possibilidades para facilitar a vida em família.

O empreendimento conta com espaço para 50 lojas, 2 ilhas gastronômicas, 748 vagas de estacionamento coberto, 7 torres residenciais, 208 apartamentos, 28 coberturas duplex e uma torre corporativa com 96 salas comerciais.

Durante o evento à imprensa e comunidade, também foi divulgada a programação de Natal. Além da decoração, o complexo será palco de espetáculos e encenações. A arquitetura inspirada em construções europeias, recebe um charme todo especial neste fim de ano. O ambiente também enaltece a cultura germânica e, no mês de dezembro, terá apresentação de bandinha típica alemã.


Kappel Imóveis em Santa Catarina

Sócio-diretor da Kappel Imóveis, Alberto Kappel foi um dos palestrantes do evento Academia Imobiliária 360º, realizado em Balneário Camboriú, SC. Ele apresentou a trajetória da empresa e o conceito de imobiliária laboratório, criada para validação de novos sistemas e processos.

Kappel esteve ao lado de referências nacionais do setor, como Edgar Ueda, Fernando Gonçalves, Bruno Lessa, Raquel Trevisan, Guilherme Wohlke e Admar Cruz. Segundo ele, a experiência confirmou a necessidade de estabelecer processos de melhoria contínua, foco de atuação da empresa.

Fundada em Venâncio Aires por Edemar Kappel, a Kappel completa hoje 45 anos de história. Em 2013 a empresa passou por processo de sucessão e hoje é administrada por Alberto e Amanda Kappel, filhos do fundador. Em 2019, a empresa inaugurou a primeira filial, em Lajeado.


Crédito internacional para o empreendedorismo feminino

O Sicredi buscou recursos fora do país para atender às necessidades de crédito das micro, pequenas e médias empresas brasileiras lideradas por mulheres. A instituição criou uma linha de crédito que soma R$ 438 milhões (US$ 80 milhões) e tem o gênero como critério de uso dos recursos, assim como outros fatores sociais e ambientais.

A linha é fruto de parceria firmada com a DEG, Instituição de desenvolvimento financeiro alemã, subsidiária do Banco de Desenvolvimento Alemão (KFW), e com a agência de fomento francesa PROPARCO subsidiária do Banco de Desenvolvimento Francês (AFD). Foi a primeira captação de recursos internacionais com viés social realizada pelo Sicredi.

O financiamento será destinado para aquelas empresas com faturamento anual de até R$ 6 milhões e que tenham mulheres como donas ou sócias detendo mais de 50% do capital social. Os recursos já estão disponíveis para as associadas de todas as cooperativas do sistema Sicredi.



• Maiores do Sul – A Cooperativa Languiru é a empresa do Vale do Taquari melhor colocada no Ranking 500 Maiores do Sul, divulgado pelo Grupo Amanhã e PwC Brasil. Terceira maior cooperativa de produção do RS, a Languiru figura na 47ª posição entre as maiores empresas do Estado e na 120º posição entre as empresas do Sul do Brasil.

• Refluxo no consumo – A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) apresentou na segunda-feira, 22, novos números do índice de Intenção de Consumo das Famílias (ICF). O indicador caiu 0,9% em novembro, após quatro meses consecutivos de alta, seguida por estabilidade em outubro. Conforme a entidade, o recuo reflete a trajetória de alta dos juros, iniciada pelo Banco Central para conter a inflação.