Drive-thru para não passar em branco

Formatura do Castelinho

Drive-thru para não passar em branco

Cerca de 180 estudantes concluem o 3º ano do ensino médio amanhã no Castelinho. Ontem, professores já preparavam as lembranças

Por

Drive-thru para não passar em branco
Na tarde de terça-feira, professores do Castelinho preparavam lembranças que serão entregues aos alunos (Foto: Laura Mallmann)
Lajeado

Em meio à pandemia, a tradicional solenidade de formatura precisou ser deixada de lado, dando lugar a novos métodos de comemoração. Para os alunos do 3º ano do Ensino Médio do Colégio Estadual Professor do Colégio, o Castelinho, a celebração será em formato drive-thru.

A solenidade ocorre na quinta-feira, das 18h30min, às 20h, em frente à instituição, na rua Borges de Medeiros, 291. De acordo com o diretor Marcos Dal Cin, serão cerca 180 alunos de sete turmas dos turnos da manhã e noite. “Como as aglomerações não são permitidas e não queríamos deixar passar esse momento em branco, pensamos em algo simbólico com uma lembrança.”

Mesmo que não haverá aquela tradicional solenidade de formatura, alguns detalhes não foram esquecidos: a escolha de professores paraninfos, por exemplo. “Alguns professores estão pensando em estratégias com equipamentos de proteção para garantir um abraço nos alunos”, destaca. Já os alunos, realizarão uma homenagem aos paraninfos de forma online.

Marcos Dal Cin – diretor (Foto: Laura Mallmann)

Dal Cin explica que os formandos não entrarão na escola durante a solenidade. “Uma estrutura para fotos será montada em frente ao prédio. Os alunos descerão do carro e receberão a lembrança”, pontua. A orientação é que todos façam o uso de máscara e mantenham o distanciamento social.

Aqueles que não tiverem como ir de carro ou moto, podem participar do momento apé. “Temos alguns alunos que moram próximos que virão caminhando”, garante o diretor.

“A ideia de drive-thru é muito boa”

(Foto: Arquivo Pessoal)

Uma das estudantes que se forma amanhã é Daiane Cristina Muller, de 18 anos. Para ela, que assim como os colegas sempre aguardou pela formatura, mas teve o sonho já adiado quando a pandemia começou. “Isso nos deixou bem chateados, mas a ideia de drive-thru é muito boa para não deixarmos este momento passar em branco, apesar de que gostaríamos muito de ter nossa formatura presencial e as festas, mas temos que pensar no bem de todos.”

Daiane lembra que o ano foi difícil: “Não tivemos os momentos que gostaríamos na escola, convivemos muito pouco com os professores e tivemos que fazer todas as atividades em casa mesmo, mas apesar de tudo isso, fomos acolhidos por todos da escola e sempre tivemos eles com nós, ajudando e aconselhando.”

A aluna conta que os professores homenageados já estavam escolhidos desde o início do ano. “Mas, infelizmente não teremos como homenagear eles de forma presencial este ano”, afirma.