Estrela ingressa com ação pública contra a RGE

Prejuízo

Estrela ingressa com ação pública contra a RGE

Município elabora parecer técnico sobre a precariedade dos postes de iluminação pública na zona rural

Por

Estrela ingressa com ação pública contra a RGE
(Foto: Arquivo A Hora)
Estrela
Tudo na Hora 2 - Lateral vertical - Final vertical

A administração de Estrela ingressou com uma ação pública contra a RGE, distribuidora de energia no município. No documento, encaminhado com “tutela provisória de urgência”, o governo destaca no documento as condições precárias das redes de energia.

“As redes elétricas em diversas áreas do município de Estrela, principalmente na zona rural, encontram-se em situação precária. Muitos dos postes que hoje realizam a sustentação da rede elétrica ainda são de madeira, ficando expostos ao tempo, apresentando putrefação da madeira por agentes biológicos e rachaduras. Pode se observar a existência de reparos improvisados, instalação fora do ângulo e, muitas vezes, sobreposição de peso devido aos equipamentos neles instalados”, diz trecho da ação.

O documento também lembra sobre os prejuízos causados por temporal registrado no sábado, 5. A situação deixou diversas propriedades urbanas e rurais sem energia. Já são mais de 60 horas sem energia.

Estrela ainda realizou um parecer técnico sobre a precariedade dos postes de iluminação das localidades do interior, assinado pelo engenheiro civil Adilson Heleno da Silva.

A administração solicita, de imediato, o restabelecimento da energia as propriedades do município, sob pena de aplicação de multa diária no descumprimento. “A imposição de multa diária à empresa ré, em valor não inferior a R$ 10 mil, caso proceda ao descumprimento das obrigações de fazer e de não fazer concedidas liminarmente,”