“O Vale do Taquari é uma das regiões mais atrativas, presentes e organizadas que temos”

Centro de Atendimento ao Turismo

“O Vale do Taquari é uma das regiões mais atrativas, presentes e organizadas que temos”

Com o turismo regional em expansão, o Centro de Atendimento ao Turista localizado no Parque Histórico de Lajeado auxiliará para divulgar atrativos locais e orientação aos visitantes

Por

Atualizado quinta-feira,
21 de Janeiro de 2021 às 09:32

“O Vale do Taquari é uma das regiões mais atrativas, presentes e organizadas que temos”
Espaço tem materiais de divulgação de 25 municípios e funcionará todos os dias da semana, inclusive sábados e domingos (Foto: Fábio Kuhn)
Vale do Taquari

“O Vale do Taquari é a bola da vez no turismo do Rio Grande do Sul”, afirmou o secretário estadual, Rodrigo Lorenzoni na inauguração do Centro de Atendimento ao Turista (CAT) do Vale do Taquari. Ato ocorreu ontem, 20, no espaço incluído junto ao Parque Histórico de Lajeado.

Após seis anos, a região volta a ter um local de referência para centralizar a divulgação das atrações turísticas e orientar os visitantes. O momento é o mais propício possível, uma vez que os passeios locais se fortaleceram após restrições das viagens longas em função da pandemia.

“Estamos fazendo uma campanha para que a comunidade procure conhecer o estado. E o Vale do Taquari é uma das regiões mais ativas, presentes e organizadas que temos”, afirmou Lorenzoni. Conforme ele, o sonho a longo prazo é transformar o RS num dos principais destinos do Brasil e colocar o turismo como um dos principais impulsionadores econômicos ao lado do agronegócio.

Momento de apostar no turismo

O potencial do Parque Histórico de Lajeado foi evidenciado pelo presidente da Associação dos Municípios de Turismo do Vale do Taquari (Amturvales), Leandro Arenhart. Para ele, o modernismo do CAT contrasta bem com a preservação histórica existente na área de lazer.

Arenhart comemorou a volta do espaço para divulgar as belezas do Vale do Taquari e reforçou que as ações turísticas precisam ser pensadas regionalmente. “Turismo não é isolado. Turismo é coletivo”, reforçou.

Futuro presidente da Amvat e prefeito de Santa Clara do Sul, Paulo Kohlrausch também reforçou a necessidade de ações conjuntas. Para ele, o governo deve fomentar o turismo, mas cabe à iniciativa privada investir no setor. “Faz 20, 30 anos que se fala de turismo. Chegou a hora de arregaçar as mangas e fazer acontecer”, reforça.

Prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo também celebrou a união dos municípios para criação do centro regional. Afirmou ser uma “grande oportunidade” para todas as cidades, entretanto acrescentou que é necessário a continuidade das ações para desenvolvimento do turismo regional.

Como funcionará?

O CAT atenderá de segunda a sexta-feira, no mesmo horário da prefeitura de Lajeado. Nas sextas-feiras à tarde, sábados e domingo, o funcionamento será das 8h30min às 17h.

Durante a semana, o duas funcionárias do governo de Lajeado auxiliarão os turistas. Aos finais de semana, uma funcionária da Amturvales fará o trabalho.

O CAT contará com material de divulgação dos 25 municípios que integram a Amturvales, além de funcionar para orientação dos visitantes.

“É uma região completa na área do turismo”

Rodrigo Lorenzoni – Secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo do Estado.

• Como você percebe a posição do Vale do Taquari no contexto do estado do RS?
Falando em um jargão do futebol, eu poderia dizer que é “a bola da vez”. O Vale está pronto, considerando o entendimento do setor público e também o investimento do setor privado que acontece no setor. É uma região que se encontra em um centro geográfico muito importante, está perto da capital Porto Alegre e também de outros centros urbanos.

• Quais podem ser considerados os pontos de maior destaque na região?
A região como um todo é digna de atenção. Temos, por exemplo, uma série de balneários, que no verão podem ser muito bem aproveitados, mais do que já são. Temos também a opção dos alambiques, com cerveja artesanal, onde podemos olhar para o turismo gastronômico. Tem a própria questão do Trem dos Vales, que percorre várias cidades da região, cada uma com as suas características e peculiaridades. Tem também o turismo esportivo, como o ciclismo, que conta agora com o desenvolvimento de uma ciclovia entre Colinas e Estrela.

Ou seja, temos uma série de opções e por esse motivo o Vale do Taquari se torna uma região completa. Agora é seguirmos apoiando a região e apresentá-la para todo o estado.