Reunião debate segurança pública em Lajeado

INSEGURANÇA NO COMÉRCIO

Reunião debate segurança pública em Lajeado

Encontro foi motivado por ocorrências que envolveram empresas de comércio e serviços nas duas últimas semanas.

Por

Atualizado quinta-feira,
12 de Janeiro de 2023 às 15:28

Reunião debate segurança pública em Lajeado
Foto: Divulgação
Lajeado
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

O aumento de furtos e demais ocorrências nas últimas duas semanas em Lajeado motivaram um encontro entre autoridades nesta quarta-feira, 11. A reunião solicitada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Lajeado ocorreu no gabinete do prefeito Marcelo Caumo e teve a presença do presidente da entidade, Aquiles Mallmann, e do vice-presidente Institucional Jean Jacques; além dos vice-presidentes da Acil e Sindilojas Vale do Taquari, João Pedro Arruda e Francisco Weimer (o qual também representou a Alsepro).

Por parte dos órgãos de segurança pública, participaram o secretário municipal da pasta, Paulo Locatelli, o capitão Walesko do Val Baroni Gomes, comandante da 1º Companhia do 22º BPM; delegado Márcio Moreno; e delegada regional Shana Luft Hartz. O grupo expôs as situações que envolveram empresas de comércio e serviços nas duas últimas semanas e fatos com pedestres no centro da cidade.

“Recebemos as reclamações dos nossos associados e percebemos uma aflição com a segurança física e patrimonial. Entendemos que unindo forças podemos encontrar alternativas para evitar que isso siga acontecendo”, destacou Mallmann. Weimer também citou algumas situações a residências e outros casos que chegaram ao conhecimento da entidade.

As autoridades de segurança pública explicaram o trabalho que é feito para garantir a segurança e também as dificuldades e desafios que interferem nos resultados, como a reincidência e a prisão. Ao agradecer a aproximação, reforçaram a importância dos registros das ocorrências por parte da população, para que a polícia tenha mais subsídios para agir, bem como o empenho dos órgãos no sentido de buscar soluções, entre as quais o aumento das câmeras de vigilância e o monitoramento de inteligência.

E apesar dos acontecimentos, os líderes destacaram a melhora gradual dos índices gerais em Lajeado. “A convite do Governo do Estado, nesta quinta-feira inclusive vamos apresentar para o novo secretário estadual de segurança, em Porto Alegre, as nossas boas práticas que levaram às reduções”, comentou Locatelli. Entre os exemplos, citou números entre 2020 e 2022 (até novembro): queda de 16 para 7 homicídios dolosos; redução de 57 para 36 os roubos a pedestres; e diminuição de 99 para 88 os furtos e roubos de veículos.

Como encaminhamento da reunião, o prefeito sugeriu uma audiência com o Ministério Público. “Vamos levar essa inquietação da sociedade para o conhecimento do Ministério Público. O objetivo é melhorar para todos, e quanto mais agentes envolvidos, mais efetivo será”.

Acompanhe
nossas
redes sociais