Respeito ao Morro Gaúcho

Opinião

Raica Franz Weiss

Raica Franz Weiss

Respeito ao Morro Gaúcho

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Há 20 anos

Vista do Morro Gaúcho. Arquivo Municipal de Lajeado/O Informativo

O Jornal O Informativo veiculava uma reportagem especial sobre o principal ponto turístico de Arroio do Meio, o Morro Gaúcho. A matéria abordava a necessidade de preservação do local que, até então, estava sendo usado como depósito de lixo da cidade.

Na época, a administração municipal planejava investir no espaço e recuperar a área danificada. Além disso, para preservar o Morro e desenvolver a consciência na comunidade, a ONG Ecobé pretendia iniciar o manual “Amigos do Morro”.


Câmeras em Lajeado

O mesmo periódico informava que, até o final de 2002, Lajeado teria câmeras de videomonitoramento para reforçar a segurança no centro da cidade.

Elas funcionariam 24 horas por dia e as imagens ficariam gravadas numa central de computadores.
Importadas do Japão, cada câmera custava em torno de R$12 mil. No início, quatro equipamentos seriam instalados.

Empresários e autoridades acompanhavam a demonstração do sistema. Arquivo Municipal de Lajeado/O Informativo


Enquanto isso…

A idade do universo – A Folha de São Paulo noticiava que o universo poderia ser “mais velho do que parece”. Na época, a descoberta de um novo astro aumentava a estimativa da idade do universo para 16 bilhões de anos.

A justificativa era que, se o novo astro estava localizado a 13 bilhões de anos-luz da Terra, o universo teria de ser mais velho. Contudo, hoje, a estimativa dos cientistas é de que o universo tenha surgido há aproximadamente 13,8 bilhões de anos, após a explosão do Big Bang.


Há 50 anos

Construção da Univates

Autoridades locais se reuniam com o Governo do Estado para definir a construção dos prédios das faculdades de Economia, Ciências Contábeis, Filosofia, Letras e Ciências Naturais de Lajeado, que posteriormente se tornariam a Univates.

Conforme o Jornal Nova Geração, o governador estadual, na época, autorizava o empréstimo de Cr$ 1,2 milhão (cruzeiros) para a obra. A verba seria destinada à construção dos prédios, com uma área de 3 mil metros quadrados. O terreno cedido era na antiga Estação Experimental de Citricultura, doada pelo Ministério da Agricultura.

Na época, a Associação Pró-Universidade Alto Taquari (hoje Fuvates) tinha 500 alunos e pretendia ser transformada em fundação.

A construção dos primeiros prédios iniciou em 1972 e terminou em 1973. Acervo Lajeado/José Schierholt


Viaduto em Canabarro

Há 50 anos, era estudada a instalação de um novo viaduto na então “vila de Canabarro”. Na época, a estrada de ferro cortava a rua 17 de junho e o viaduto resolveria o problema.

Conforme o registro do Nova Geração, essa era uma reivindicação antiga dos moradores de Canabarro, já que a estrada de ferro interrompia o tráfego de veículos numa das mais movimentadas ruas da vila.


Enquanto isso…

Movimento feminista – O Conselho Nacional de Mulheres do Brasil organizava o I Conselho de Mulheres, que defendia a “participação ativa das mulheres em todos os setores da sociedade”. Um dos objetivos do Conselho era implantar no país o Serviço Cívico Feminino, “uma espécie de serviço militar para as mulheres”. A proposta era que, durante um período, as mulheres prestassem serviços sociais à comunidade.


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook