Exemplo à Polar

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Exemplo à Polar

Por

Vale do Taquari
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Uma comitiva de Lajeado, formada por representantes de poder público, Univates e Hospital Bruno Born (HBB), realizou uma série de visitas aos principais centros médicos de inovação de São Paulo. O grupo cruzou pela capital paulista e conheceu o Hospital Albert Einstein. Antes disso, passou por Ribeirão Preto, onde os integrantes conheceram o Parque Tecnológico SUPERA – que possui uma organização social semelhante à Agência de Inovação e Desenvolvimento Local (Agil) – e também o Instituto SEB (foto).

O Instituto SEB é reconhecido como um hub pujante de educação, fomento de ideias, inovação, cultura, colaboração e impacto social, e que atua em 4 eixos: Empreendedorismo Social, Sustentabilidade, Transformação Social e Protagonismo. Além dos propósitos, o espaço físico também chamou a atenção dos visitantes.

O espaço está instalado no prédio histórico da antiga Cervejaria Paulista, de 1913. É uma estrutura muito semelhante ao complexo da antiga Cervejaria Polar, em Estrela. E, para bom entendedor, bastam dois parágrafos.


TIRO CURTO

– CORREÇÃO: a análise do Instituto Pesquisas de Opinião (IPO), que avalia a produção e repercussão do setor de comunicação da prefeitura de Estrela, foi custeada por terceiros, e não pelo governo municipal, conforma havíamos publicado na edição de ontem.

– Um grupo de agentes públicos e privados realizou uma vistoria técnica no Porto dos Bruder, às margens do Rio Taquari, em Lajeado. O objetivo era avalizar a estadia do barco Cisne Branco durante o período da Expovale. E tudo parece estar de acordo com as normas de segurança. E na próxima segunda-feira, às 13h30min, na sede da ACIL, será apresentado o projeto “Espaço do Turismo “Taquari-tal”.

– A Amturvales possui um projeto para atrair novos investidores ao Vale do Taquari, por meio de um consultor paulista. O custo da proposta gira em torno de R$ 80 mil, e a entidade aguarda suporte da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat). Entre os possíveis empreendimentos, a perspectiva de instalação de um cassino em um hotel do Vale.

– Em Encantado, o poder público (Executivo e Legislativo) está alinhado com a associação comercial. Ambos não querem o modelo de pedágios do Estado. Em Lajeado, a Acil estuda a judicialização do processo, enquanto o Executivo demonstra simpatia com o projeto (e o Legislativo praticamente não se manifesta). O mesmo ocorre em Arroio do Meio, onde a Acisam está insatisfeita e o governo municipal está faceiro com a promessa de um viaduto.

– Vice-prefeita de Teutônia, Aline Röhrig Kohl (Cidadania) deveria utilizar melhor as redes sociais. O bate-boca com o ex-vereador Marcos Quadros (PSDB), resultado das incertezas acerca do Plano de Saneamento Básico e da distribuição de água, é o assunto da semana na cidade. E só ela tem a perder com esse tipo de atitude, mesmo após as ofensas contra servidores públicos. Pegou mal e, para piorar, a página oficial do governo entrou na celeuma.

– O governo estadual insiste no repasse de R$ 500 milhões dos cofres dos gaúchos para custear rodovias sob a responsabilidade da União. Por ora, apenas a bancada do Partido Novo anunciou o voto contrário.

– As apostas persistem. Mas a incerteza impera. Afinal, o vice do pré-candidato Eduardo Leite (PSDB) será do MDB ou do novo partido União Brasil? Eu aposto em Gabriel Souza (MDB) como pré-candidato a vice-governador. E você?


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsAppInstagram / Facebook