Agenda 100% negativa

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Agenda 100% negativa

Por

Vale do Taquari
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

A participação do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU, em Nova Iorque, foi marcada pela agenda negativa previamente construída pela “grande mídia”. É impressionante a capacidade de só enxergar “problemas” por parte de alguns jornalistas. Aliás, isso já não impressiona tanto assim. Surpresa seria uma cobertura mais técnica e menos ideológica. E o grande “escândalo” escolhido pelos repórteres anti-governo foi o almoço de Bolsonaro na rua, justamente na cidade que cobra o questionável “certificado de vacina” para acesso aos restaurantes. Ah, e sobre o discurso do chefe da nação, eu sugiro que cada leitor assista ao vídeo na íntegra antes de ler as viciadas opiniões. Afinal, para muitos articulistas já não importa o que se diz, mas, sim, quem diz.

(Foto: Divulgação)

Plano ao turismo

O governo de Teutônia finalizou a elaboração do Plano Municipal de Turismo e Radar Turístico, produzido em parceria com o Sebrae e o Instituto de Pesquisa de Mercado Unisinos (IPM). O documento foi criado após realização de pesquisas de campo, palestras e oficinas online promovidas durante os meses de julho e agosto com a participação da comunidade e pessoas físicas e jurídicas envolvidas ou interessadas no setor. O plano ainda será apreciado pelo Legislativo antes de virar lei.

Menos renda

Uma pesquisa encomendada pela Assembleia Legislativa identificou que 45% dos gaúchos estão vivendo com menos da metade da renda que tinham antes da pandemia. Foram ouvidas 1,5 mil pessoas em diversas regiões do Estado.

Menos reeleição

O advogado Daniel Angelo Passaia colocou o bode na sala em Encantado. Ao propor um instigante projeto de lei de iniciativa popular para limitar a reeleição da Câmara de Vereadores, o contribuinte encantadense mexeu com os brios dos políticos locais e regionais. Afinal, ele mexeu no principal anseio da grande maioria dos agentes públicos: a perpetuação no poder. A ideia dele é permitir apenas uma recondução ao cargo. Para tal, ele precisa de 875 apoiadores. E eu torço e muito pelo sucesso desta empreitada.

A rotatividade no poder é uma das premissas de um estado democrático saudável. E vamos combinar. Um bom vereador consegue trabalhar muito pela sua comunidade em dois mandatos. Em oito anos, um bom vereador também tem condições de alçar novos voos na política, sem impedir o ingresso de novos líderes e a renovação das siglas partidárias. Por fim, é um modelo interessante para evitar as recorrentes votações com caráter meramente populista e cujo objetivo final é tão somente a reeleição.

Futuro da DRACO

A troca na chefia da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco) de Lajeado gerou surpresa entre agentes da segurança pública. Sai o Delegado Dinarte Marshall Júnior, que assume a Delegacia de Arroio do Meio, e entra o Delegado Juliano Stobbe, que estava na Delegacia de Estrela. Dinarte foi crucial na fundação da Draco e auxiliou, inclusive, na pintura e reforma do prédio alugado pelo poder público municipal. Ele não queria deixar o cargo, e deixa clara essa posição. Por sua vez, Stobbe tem experiência e possui condições de desempenhar um bom trabalho. Mas, a referida (e política) troca está longe de ser uma decisão pacífica.

LDO em Estrela

(Foto: Divulgação)

O prefeito de Estrela, Elmar Schneider (PTB), protocolou o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) na Câmara de Vereadores. Ele foi pessoalmente até o plenário na semana passada para entregar o texto da matéria ao presidente do legislativo, Ernani de Castro (MDB). A partir de agora, o “calendário” da LDO no parlamento prevê um prazo até dia 27 para inclusão de emendas, uma audiência pública no plenário no próximo dia 30, e votação no dia 11 de outubro.

Outorga e rotativo

O governo de Lajeado encaminhou ofício à vereadora Ana da Apama (MDB), informando sobre as outorgas devidas pela Stacione Rotativo, a concessionária responsável pelo estacionamento público da área azul da cidade. E, de acordo com informações da Secretaria da Fazenda, a empresa deve o valor referente ao mês de junho (R$ 35,8 mil), e ainda mantém em aberto o pagamento da outorga do mês de julho (R$ 38,2 mil), cuja quitação pode ser feita até o fim de setembro.

Pequenos municípios

A Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa aprovou ontem a realização de duas audiências públicas para tratar da manutenção da autonomia político-administrativa dos pequenos municípios gaúchos impactados pela decisão da ADI 4711 do Supremo Tribunal Federal (STF). Os encontros serão virtuais e em data a ser agendada. Serão ouvidos FAMURS, Procuradoria Geral do Estado, UVERGS, Ministério Público, Defensoria Pública, Casa Civil e municípios envolvidos.

Seringas

O Governo de Lajeado investiu R$ 8,5 mil na compra de mais 25 mil seringas por meio de um processo de dispensa de licitação. O fornecedor é a Cirúrgica Santa Cruz Comércio e Produtos Hospitalares Ltda, e o custo unitário ficou em R$ 0,34. O material descartável será utilizado na campanha de vacinação contra a covid-19.