7 notícias: Por unanimidade, PSDB-MG pretere Doria e fecha apoio a Eduardo Leite em prévias para presidente

Destaques da manhã

7 notícias: Por unanimidade, PSDB-MG pretere Doria e fecha apoio a Eduardo Leite em prévias para presidente

Confira o que é notícia na manhã desta terça-feira

Por

7 notícias: Por unanimidade, PSDB-MG pretere Doria e fecha apoio a Eduardo Leite em prévias para presidente
(Foto: Divulgação/_Itamar Aguiar)
Brasil
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

O PSDB de Minas Gerais decidiu na noite desta segunda-feira (13), por unanimidade, que apoiará o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, nas prévias do PSDB para escolher o candidato a presidente da República.

O estado é o segundo maior colégio eleitoral do partido no país, atrás apenas de São Paulo. A estratégia de Leite é juntar Minas Gerais, Rio Grande do Sul, e Ceará, liderado por Tasso Jereissati e que também caminha nos bastidores para apoiar Leite. Somados, esses três estados têm mais votos do que o de São Paulo e isso jogaria a disputa para os outros estados.

O diretório de Minas Gerais é liderado na prática pelo deputado federal Aecio Neves, adversário interno de Doria.

Até agora, Acre, Pará, Paraná e São Paulo já fecharam apoio a Doria. Minas Gerais é o primeiro estado a fechar a apoio a Leite.


PT oficializa pré-candidatura de Edegar Pretto ao Piratini

O PT oficializou, nesta segunda-feira, o nome do deputado estadual Edegar Pretto como pré-candidato ao governo do Rio Grande do Sul nas eleições de 2022. O anúncio ocorreu durante o lançamento do movimento “Rio Grande e presente. Para toda a sua gente”, com participação dos ex-governadores Olívio Dutra e Tarso Genro, do senador Paulo Paim e de parlamentares das bancadas estadual e federal do partido.

A pré-candidatura do deputado vem sendo construída desde o resultado das últimas eleições, quando Pretto se reelegeu, pela terceira vez, com o maior número de votos entre os deputados estaduais da legenda.


PGR pede que STF suspenda MP de Bolsonaro que dificulta combate a Fake News

O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu que o Supremo Tribunal Federal (STF) suspenda liminarmente a medida provisória (MP) assinada pelo presidente Jair Bolsonaro que dificulta a ação das redes sociais para apagar conteúdos publicados por usuários. Na prática, a MP, que altera o Marco Civil da Internet, também torna mais difícil a remoção de desinformação das redes. Na avaliação de Aras, a MP “dificulta a ação de barreiras” que evitem a divulgação de conteúdo criminoso e de discurso do ódio.


Caixa vai reduzir juros para financiamento da casa própria

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou nesta segunda-feira, que o banco vai reduzir a taxa de juros para financiamento imobiliário. Os detalhes, segundo ele, serão informados na quinta-feira.

Atualmente, a carteira de crédito habitacional da Caixa soma um volume R$ 528,9 bilhões, o que representa 67,3% de todo o financiamento imobiliário concedido no país.

A Caixa oferece quatro modalidades de financiamento habitacional, algumas delas com juros corrigidos por taxas variáveis, influenciadas pela taxa básica de juros – a Selic.


Ministro lamenta adiamento de edital do 5G e prevê perdas de até R$ 100 milhões por dia

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, lamentou nesta segunda-feira o adiamento da conclusão da análise do edital do leilão do 5G, por decisão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Ele projetou perdas de até R$ 100 milhões por dia, por conta do atraso. O adiamento ocorreu após um pedido de vista feito pelo conselheiro Moisés Queiroz Moreira. A data para retomada da discussão segue indefinida.

O plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) havia aprovado o edital em 25 de agosto, e a avaliação final pela Anatel era prevista para esta segunda.

Apesar de citar potenciais prejuízos, o ministro manteve a expectativa de realizar o leilão até o fim de outubro.


Linha de crédito para policiais e bombeiros vai financiar 100% do imóvel

Foi lançado nesta segunda-feira pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, o programa Habite Seguro, para policiais, bombeiros, agentes penitenciários, peritos e guardas municipais.

A Caixa Econômica Federal vai fazer a operação do crédito, que deve estar disponível para os profissionais da segurança pública, nas agências do banco, em cerca de 40 dias.

O Habite Seguro, por ser um programa de caráter social, prioriza os agentes de segurança com renda bruta mensal de até R$ 7 mil. Vai ser possível financiar até 100% do valor do imóvel, contando com subsídios de até 13 mil, de acordo com a faixa de renda do profissional, além de obter taxas de juros menores.

As subvenções poderão ser concedidas para a aquisição de imóveis novos, usados, e para o financiamento de construção individual, com valor de até R$ 300 mil.


Bolsonaro edita MP que antecipa venda direta de etanol

O presidente Jair Bolsonaro editou Medida Provisória, na noite desta segunda-feira, que antecipa a venda direta de etanol entre produtores e postos de combustíveis, dispensando a intermediação de distribuidores. O texto, acompanhado de um decreto regulamentador, ainda flexibiliza a “tutela à bandeira”, obediência dos postos à marca comercial de um distribuidor. Os dois pontos foram introduzidos em outra MP, publicada em agosto.

Para a flexibilização da tutela à bandeira ter validade, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) precisa regulamentar a aplicação da nova norma dentro de 90 dias.