7 notícias: Bolsonaro quer desobrigar uso de máscara por vacinados; para especialistas, é uma temeridade

Destaques da manhã

7 notícias: Bolsonaro quer desobrigar uso de máscara por vacinados; para especialistas, é uma temeridade

Confira notícias que são destaque na manhã desta sexta-feira

Por

7 notícias: Bolsonaro quer desobrigar uso de máscara por vacinados; para especialistas, é uma temeridade
(Foto: Arquivo A Hora)
Vale do Taquari
Tudo na Hora 2 - Lateral vertical - Final vertical

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que pediu ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, um “parecer” para desobrigar o uso de máscaras por quem estiver vacinado contra a Covid ou por quem já tiver contraído a doença. Bolsonaro afirmou já ter conversado com o Ministro da Saúde, Queiroga, para ultimar o parecer visando desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que estejam vacinados ou que já foram contaminados. Especialistas consideram a medida uma temeridade, defendendo que, mesmo após vacinadas, as pessoas precisam usar máscara e evitar aglomerações.


Governo Federal sanciona suplementação orçamentária de quase 20 bilhões de reais

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, nesta quinta-feira, projetos de lei do Congresso que recompõem o Orçamento Geral da União. Entre eles, a recomposição de gastos obrigatórios com Previdência e abertura de créditos suplementares para ações como testes clínicos para vacinas. Os projetos foram aprovados no início deste mês pelo Congresso Nacional. Um dos projetos sancionados é o que abre crédito suplementar de 19 bilhões e 800 milhões de reais em favor dos ministérios da Economia e da Cidadania. Outro projeto sancionado abre crédito de 584 milhões de reais para os ministérios do Desenvolvimento Regional, da Defesa e da Mulher, Família e Direitos Humanos.


Brasil fica fora da lista de países que receberão 500 milhões de vacinas dos EUA

Os EUA confirmaram oficialmente nesta quinta-feira, 10, que comprarão 500 milhões de doses de vacinas da Pfizer contra o coronavírus para doação e divulgaram a lista dos países que irão receber os imunizantes. São 92 nações de baixa renda e da União Africana. O Brasil não está entre os países que receberão as doses. Esta operação de compra e doação de vacinas é a maior já feita por um único país na pandemia até agora. Segundo os EUA, os 500 milhões de doses serão produzidos nas fábricas da Pfizer.


Exportações da indústria no RS crescem mais de 57%, aponta Fiergs

As exportações da indústria de transformação gaúcha cresceram 57,1%, em maio, ante o mesmo mês do ano passado, ao totalizarem 1 bilhão e 200 milhões de dólares. Segundo o presidente da Fiergs, Gilberto Porcello Petry, parte deste resultado positivo se explica pela fraca base de comparação, embora ele tenha sido o maior valor para o mês desde 2013, e 15% superior a maio de 2019. No acumulado de 2021, as vendas externas alcançaram 4,9 bilhões de dólares, um avanço de 26,1% na comparação interanual. Além da base deprimida, o resultado é justificado pela disseminação do crescimento entre os principais setores da indústria. Em relação aos destinos das vendas externas do RS, em comparação a maio de 2020 ocorreu grande aumento dos embarques totais para a China (50,9%).


Farmácia Digital RS amplia o número de medicamentos para solicitação via internet

Novos medicamentos e terapias nutricionais de responsabilidade de aquisição do Estado foram incluídos na Farmácia Digital RS – plataforma da Secretaria da Saúde que possibilita aos usuários solicitarem um tratamento de modo digital. A partir de agora, quem precisar de medicamentos para artrite reumatoide, diabete melito tipo 2, espondilite ancilosante, esquizofrenia e transtorno afetivo bipolar do tipo I não precisam se deslocar até a Farmácia de Medicamentos Especiais do Estado para fazer a primeira solicitação.


Indicadores criminais apontam redução de furtos e roubos e aumento de estelionatos no RS

Os número do Vale do Taquari são melhores que os números do Estado. Os primeiros cinco meses do ano foram de nova redução na criminalidade, apontam dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública. Desde o ano passado o RS tem queda nos principais indicadores. Os furtos e roubos tiveram maior percentual de queda. Já os estelionatos quase dobraram. Na comparação com os cinco primeiros meses de 2020 com o mesmo período deste ano, os crimes contra a vida, como assassinatos e latrocínios, tiveram uma queda de 33% em Lajeado. No Estado, esse percentual acumulado de janeiro a maio foi de 20%. De janeiro a maio foram 18 pessoas assassinadas em 38 municípios. Os dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública foram apresentados na manhã de ontem pelo vice-governador Ranolfo Vieira Junior.


Estado projeta R$ 19,7 milhões para recuperar rodovias da região

A recuperação de rodovias da região está prevista em pacote de investimentos anunciado pelo governador Eduardo Leite na quarta-feira, 9. São estradas e acessos municipais com problemas no pavimento e de sinalização. O investimento para esses serviços é estimado em R$ 19 milhões e 786 mil reais e contempla as rodovias ERS-129, ERS-453, ERS-332, ERS-128 e ERS-423, totalizando 150 quilômetros. Os recursos previstos são do Tesouro do Estado, a partir de reformas administrativa e previdenciária, e uma cartela de privatizações. Pela projeção do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer-RS) os serviços iniciam ainda neste mês.