FIM DA LAMBANÇA. SERÁ?

opinião

Fernando Weiss

Fernando Weiss

Diretor de Mercado e Estratégia do Grupo A Hora

Coluna aborda política e cotidiano sob um olhar crítico e abrangente

FIM DA LAMBANÇA. SERÁ?

Por

Lajeado
Imec - Lateral vertical - Final vertical

O governo estadual mudou os critérios do distanciamento controlado, deu fim à Salvaguarda e devolveu os alunos às escolas. Nada poderia ter sido mais importante do que isso no Rio Grande do Sul.

Dessa forma, o governador Eduardo Leite – que teve humildade e pediu desculpas aos gaúchos – encerrou uma lambança que o próprio Estado iniciou. Agora, só resta ao Poder Judiciário sair do aquário e deixar imperar o bom senso para não aceitar, mais uma vez, o pedido do Cpers e da Associação dos Mães e Pais pela Democracia, de suspender as aulas presenciais.

Já chega de desserviço e de prejuízo a toda a comunidade escolar. Que o Poder Judiciário gaúcho reencontre o juízo que perdeu pelo caminho ao longo da pandemia.


STF governa mais do que o presidente

O STF está governando mais do que Jair Bolsonaro. Foi assim no início da pandemia, quando delegou poder aos governadores e tirou do presidente. Foi assim quando exigiu instaurar CPI da pandemia no Senado, e foi assim ontem, quando decidiu que o governo federal tem sim, de fazer o Censo Populacional do IBGE previsto para o ano passado e que foi cancelado este ano por falta de recursos e por causa da Covid. Sem falar em outras decisões que foram impostas pelo STF neste período pandêmico.

Sim, é possível governar o Brasil sem ganhar eleição nenhuma. É só olhar para o Supremo Tribunal Federal e terás todas as provas necessárias.


Maturidade e bom senso

Se nas altas esferas do Poder Público está faltando diálogo entre as partes, o Sindicato dos Comerciários e o Sindilojas de Lajeado e região deram uma aula de maturidade nos últimos dias. Em acordo inédito, viabilizam lojistas a abrirem suas portas no feriado deste sábado, dia 1º de Maio.

Prevaleceu o bom senso e o entendimento que os lojistas precisam recuperar o tempo e o dinheiro perdidos depois de tantos meses fechados na pandemia, sob pena do desemprego bater a porta de mais pessoas. Parabéns presidentes Francisco Weimer e Marco Daniel Rockembach, pelo alto nível da condução deste acordo e que esse exemplo de diálogo possa inspirar aqueles que insistem em decidir pela vaidade e o egocentrismo.


Na onda do Cristo Protetor

“Construir um Cristo maior que o nosso é barbada, quero ver ter essa vista”, tuitou o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, ao saber da construção do Cristo Protetor de Encantado, mais alto do que o Cristo Redentor. O que veio depois dessa manifestação já sabemos.

Na onda de “construir é barbada”, surge a notícia de que agora Anta Gorda, cidade da região alta do Vale do Taquari, quer construir uma estátua de Nossa Senhora de Lourdes, padroeira da comunidade. A ideia é erguer uma estátua de 45 metros – o Cristo de Encantado tem 43m – o que viria a ser “a mãe” do Cristo.

Olha, depois que Encantado colocou de pé o Cristo, não duvido mais nada da capacidade daqueles gringos, que nos mostram que em termos de turismo são mais astutos e organizados do que as demais regiões do Vale. Resta saber se teremos outro “Adroaldo Conzatti” aqui na região para liderar a construção de uma estátua de Nossa Senhora de Lourdes. Convenhamos, não tivesse o ex-prefeito Conzatti ter batido pé e acreditado desde o início, aquele Cristo no Morro das Antenas não teria alcançado o mundo em 2021.

Só espero que o movimento de Anta Gorda não seja por vaidade. Ter uma Santa gigante não deixaria de ser um diferencial ainda maior, mas é preciso cautela para não construir elefantes brancos. O turismo – Encantado que o diga – não se faz apenas com estátuas. Como disse o prefeito do Rio, construir é fácil, o complexo é que vem ao lado de um investimento desses.

A PROPÓSITO
Ainda tem a Santa Clara. Projeto é do prefeito Paulo Kohlrausch, que sonha em construir uma estátua no morro que fica atrás da Igreja matriz da cidade de Santa Clara do Sul. Se a moda pega, o Vale dos Alimentos será também o Vale das Estátuas.