Mostrem a que vieram, prefeitos e vereadores

opinião

Fernando Weiss

Fernando Weiss

Diretor de Mercado e Estratégia do Grupo A Hora

Coluna aborda política e cotidiano sob um olhar crítico e abrangente

Mostrem a que vieram, prefeitos e vereadores

Por

Vale do Taquari
Imec - Lateral vertical - Final vertical

Entre tantas coisas que ocorreram em 2020, vocês foram escolhidos pela população de seus respectivos municípios para conduzir as políticas públicas e induzir o desenvolvimento das pessoas e das comunidades.
Pois bem, desde ontem, dia 30, até amanhã, dia 1º, os senhores assumem oficialmente seus cargos para os próximos quatro anos. Um novo governo traz novas expectativas, ainda que os prefeitos e vereadores sejam os mesmos. Os senhores fizeram promessas ousadas e promissoras. Algumas realizáveis e plausíveis. Outras, ufanistas e eleitoreiras. Mas enfim, seguimos!
Chegou a hora da verdade. O discurso vai para a prática. Os senhores assumem as funções em meio a uma onda de insegurança, tanto sanitária quanto econômica. Ainda que o Vale do Taquari tenha escapado de impactos maiores em função da pandemia, os reflexos aparecerão. E os senhores, precisam estar cientes e preparados para tal.
Os senhores perceberam que a abstenção nas eleições aumentou. Ou seja, a população – consequência ou não da pandemia – está cada vez mais descrente na classe política. Isso lhes coloca nas costas um compromisso ainda maior: o de recuperar o prestígio junto ao cidadão.
Tomo a liberdade, nesta carta aberta aos senhores, de listar dez tópicos que considero essenciais para nortear suas gestões, tanto no Executivo quanto no Legislativo. São temas que emanam do sentimento do povo, ávido por gestões mais austeras, enxutas e, sobremaneira, eficientes:


1° 
Reformas urgem no Poder Público. Não empurrem com a barriga. Promovam as mudanças para deixar as gestões mais competentes, menos custosas e mais orientadas ao resultado;

Governem para todos. Esqueçam – não apenas no discurso – da cor partidária. Os senhores representam toda a população e não apenas os que votaram em vocês;

Os senhores prefeitos, vices e vereadores percebem o tamanho do esforço que os empresários precisam fazer para dar a volta e vencer a pandemia e a altíssima carga tributária do RS. São obrigados a implantar modelos de gestão austera, reduzindo custos e melhorando a eficiência. Por favor, usem estes modelos como exemplo para lidar com o dinheiro do povo.

Senhores vereadores, ser representante do povo não é cargo nem profissão. Vamos parar de inchar as câmaras com funcionários, gordos salários e favorecimentos próprios.

Prefeitos, olhem para o caos que virou o nosso Estado, fruto da frouxidão e da falta de planos de governo de médio e longo prazo. Não governem para quatro anos. Promovam as mudanças e profissionalizem o serviço público. A sociedade não suporta mais carregar o fardo da incompetência e do oportunismo.

Sejam inovadores. As prefeituras e câmaras não podem ser ilhas em meio a uma transformação econômica e social que impacta as pessoas e as empresas. Dêem ‘F5’ e percebam as demandas da contemporaneidade.

Não insistam nas políticas assistencialistas. Sejam o suporte para os mais vulneráveis, mas não esqueçam que o poder público é um grande indutor para o desenvolvimento ordenado e para a emancipação da sua gente. Portanto, deem o peixe, mas ensinem a pescar também.

Senhores vereadores, nominar ruas, comprar rifas, pedir luminárias, lixeiras ou reparos em ruas não integra a lista de prioridades das suas funções.

Insistam menos nos discursos bonitos e ufanistas e tenham coragem para encarar as amarras e os sistemas enraizados na gestão pública. Se preocupem menos com as futuras eleições e mais com o futuro das suas cidades.

10°

Desejo sorte e sabedoria para que os senhores possam representar a transformação e a evolução daquilo que todos nós esperamos da esfera pública executiva e legislativa.