Arte com diversidade

Cultura

Arte com diversidade

1º Festival Artístico e Cultural de Lajeado ocorre em formato virtual, gravado sem público e conforme o protocolo de cuidados com o Coronavírus

Por

Arte com diversidade

Como parte do projeto “Conexão Lajeado Cultural”, a Prefeitura de Lajeado, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), promove o I Festival Artístico e Cultural de Lajeado. O evento será transmitido pelo Youtube e redes sociais da Secel nos dias 28 e 29 de dezembro.

A iniciativa integra uma série de editais que selecionaram propostas voltadas ao setor cultural, desenvolvidas como parte das ações emergenciais previstas na Lei Aldir Blanc (Lei Federal 14.017/2020).

Entre os proponentes selecionados, está o Volúpia Bar. O espaço cultural, conhecido por proporcionar e incentivar diversas expressões artísticas, culturais e sociais na região, foi contemplado com o primeiro lugar no edital 03/2020, referente a produção de cinco das atrações contempladas no edital 02/2020. A Univates também foi contemplada no processo e produzirá outros cinco artistas.

Conforme a sócia-proprietária do Volúpia Bar e produtora cultural, Cassiana Schuhl, o festival, assim como os demais editais, beneficiará muitas pessoas ligadas ao setor cultural. “Só no nosso projeto, por exemplo, onde o valor recebido é 25 mil, conseguimos remunerar 23 pessoas. Destas, 70% são mulheres, 35% pessoas da comunidade LGBTQIA + e 40% pessoas negras, entre artistas e parte técnica”.

Fechado desde março, o Volúpia encontrou no edital uma forma de continuar promovendo a cultura com foco na sua principal bandeira: o respeito à diversidade. “É uma maneira de trabalhar com o que amamos, enquanto aguardamos ser seguro para reabrir. Por ser nosso primeiro projeto em editais públicos, ficamos mega felizes. Resultado de um trabalho pensado de forma coletiva e inclusiva”.

Cassiana Schuhl

Entre os artistas produzidos pelo Volúpia, estão o Teatro “A boneca que tinha coração”; o projeto “Cantando a Esperança”, de Douglas Sehn, e as bandas Bico Fino Brother’s Band, Os Alquimistas e Hello Ms. Take. Além disso, o Volúpia ainda incluiu a participação de outros dez artistas: João Felipe Rodrigues, Shuri The Queen, Natasha Bouvier, Anahy Reichert, Sheila Schnorenberger e Grupo Afroblack.

Para Cassiana, o resultado do processo também destaca uma importante renovação na cena cultural de Lajeado. “Sentimos uma nova era de cuidados com a cultura local. Digo isso por um projeto tão colorido e inclusivo ter ficado em primeiro lugar, o que demonstra uma clara preocupação da Secel com a diversificação do acesso aos bens culturais. Prova que o espaço existe, e desejamos, de coração, que ele seja cada vez mais diversamente ocupado”.