opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Com vocês, o Parque Linear!

Por

Lajeado

O amigo e arquiteto Rodrigo Guimarães Madeira lança uma nova provocação aos gestores públicos. Nesta semana, ele divulgou em suas redes sociais uma sugestão para a área central de Lajeado: um Parque Linear, que busca interligar a orla do Rio Taquari, o Parque Ney Arruda e o Parque do Engenho. A proposta também prevê a modernização do Porto dos Bruder, ciclovias, quiosques, quadras esportivas, uma passarela sobre o Lago do Engenho e muita, muita arborização.

Não custa sonhar. A atual gestão já deu o pontapé inicial e aposta na concretização do Parque Ney Arruda, localizado em uma belíssima área às margens do Rio Taquari, na esquina entre as Ruas Bento Gonçalves e Osvaldo Aranha. A proposta de revigorar e embelezar toda a Av. Décio Martins Costa e o Arroio do Engenho já está no horizonte da atual administração municipal, e a provocação do arquiteto certamente fará brilhar os olhos de quem, assim como eu, aposta nesta ideia.


Comércio aos domingos e plebiscito

A Câmara de Vereadores volta a debater sobre a abertura do comércio aos domingos em Lajeado. Mas a intenção é repassar a decisão para a sociedade. Nesta sexta-feira, o presidente do Legislativo Lorival Silveira (PP) encaminhou ofício ao presidente do Sindilojas, Francisco Weimer, solicitando um plebiscito para deliberar sobre a questão. Há diversas propostas nos bastidores. A base tucana incitou a abertura irrestrita. Há quem defenda apenas um domingo por mês. E há quem defenda a manutenção da lei atual, que permite apenas seis domingos por ano. É um assunto espinhoso!


Voto e compromisso!

Já estamos acostumados com o fato de que muitos vereadores eleitos deixam seus postos eletivos para assumirem secretarias municipais. E não há nada de ilegal nesta manobra. Mas há uma inegável problemática no fato de pedir votos ao eleitor e depois deixar de lado o cargo para o qual foi efetivamente escolhido. Não por menos, diversas câmaras legislativas sugerem que o parlamentar renuncie o mandato para só então assumir outra função.

No âmbito estadual e federal, também é comum a presença de deputados no quadro de secretários ou ministros. Em âmbito municipal, temos como exemplo a cidade de Lajeado. A gestão atual contou com a presença de dois vereadores, Lorival Silveira (PP) e Fabiano Bergmann (PP). Juntos eles conquistaram 1,9 mil votos em 2016. Em Estrela, o mesmo ocorreu com Cristiano Nogueira da Rosa (MDB) e José Alves (PTB) e Marcelo Braun (PSDB). Há outros casos no Vale. E como será em 2021?