opinião

Caetano Pretto

Caetano Pretto

Jornalista

Colunista esportivo.

Hamilton quebra recordes e paradigmas

Por

Mundo

“É muito importante que as crianças vejam isso… Não dê ouvidos a ninguém que lhe diga que você não pode alcançar algo. Sonhe o impossível. Fale com ele. Você tem que trabalhar por isso, persegui-lo e nunca desistir!”

Foram essas as palavras usadas por Lewis Hamilton na comemoração de seu sétimo título na Fórmula 1. O piloto britânico não cansa de quebrar recordes e paradigmas. Único piloto negro a participar de uma corrida na história da modalidade, Lewis já está no topo.

É quem mais tem títulos (ao lado de Schmacher), pódios, vitórias e pontos na Fórmula 1. Mais importante do que os números, é a sua atitude fora da pista. Ativista da causa racial, usa o seu espaço e a sua visibilidade para botar o dedo em feridas. Não foram poucas as vezes em que apareceu em entrevistas com camisas com dizeres antirracistas ou de apoio à causas sociais.

A fala após a vitória e o título no GP da Turquia é digna de entrar para a história. O momento era seu, a glória era sua, o título iria para a sua casa, mas ele preferiu mandar uma mensagem para as crianças acreditarem nos seus sonhos. Hamilton é gigante.

Os maiores que vi

Elencar os maiores ou melhores atletas que já existiram é sempre complicado. Mais fácil dizer os maiores que vi. Na Fórmula 1, Hamilton encabeça essa lista. Acredito que ele seja o maior da história, que bata de frente com Schumacher, Senna e outros mais. Da minha geração, com certeza é o maior.

Esporte mais popular do mundo, o futebol tem Pelé como o seu rei. Ele sempre será o maior e não há discussão. Como fiquei longe de ver Edson Arantes do Nascimento, o maior para mim é Messi. E também muito a frente dos demais.

Nos demais esportes, posso citar LeBron James (basquete), Falcão (futsal), Roger Federer (Tênis), Giba (Vôlei) entre tantos outros. Entre as mulheres, são três as principais atletas que vi: Marta, Serena Williams e Simone Biles. Três rainhas insuperáveis.

Revista para quem gosta de esporte

A segunda edição da Revista Desafio, Você Sem Limites chegou ontem e está imperdível. São 40 páginas voltadas para quem gosta de esporte, quer ter uma vida saudável ou simplesmente gosta de boas histórias.

Quer conhecer a história do Minuano/Bira vice-campeão estadual de basquete em 1995? Que tal saber quais os esportes radicais praticados na região? E dicas de nutricionistas ou profissionais da saúde? Essa é a Revista Desafio. Passa no A Hora e confira a sua!