opinião

Amanda Cantú

Amanda Cantú

Jornalista

Colunista do caderno Você

Tudo bem não ser produtivo na quarentena

Por

Vale do Taquari

Você abre o Instagram e lá estão mil e uma receitas de como viver o seu isolamentos social. Teste novos pratos. Aprenda outro idioma ou faça algum curso, talvez aquela pós que você estava postergando. Que tal aprender a bordar? Ouça podcasts, leia os livros parados na sua estante. Comece um projeto novo. Aproveite para limpar a casa, o quarto, o armário, a vida. Não esqueça de fazer seus treinos direitinho e, claro, compartilhar tudo isso nas suas redes sociais.

Quando a minha quarentena começou, eu imaginava que estaria bem diferente ao fim da segunda semana. Teria terminado o meu trabalho de conclusão de curso e teria lido pelo menos um livro até o fim. Não terminei. O livro continua pela metade. Mas sabe o quê? Está tudo bem.

Precisamos desconstruir a cobrança por produtividade durante a quarentena. Vivemos um momento difícil e provavelmente uma das maiores crises que nossa geração já viveu. Não é só uma “gripezinha”, é uma pandemia, coisa séria. Tudo bem estar com medo, tudo bem ficar ansioso. Se cobrar super produtivo neste momento não vai te ajudar. Você não é um super homem ou uma super mulher. Você é apenas um ser humano tentando sobreviver a uma crise.

Não sinta culpa por não ter escrito o próximo best seller do New York Times ou não ter começado um blog. Não se culpe por ter dormido um pouco a mais ou ainda não ter ido para a cozinha. Principalmente, não se culpe por ter ganho alguns quilos (e pare de espalhar memes sobre isso). Por acordar em um dia ruim e se sentir estressado ou triste.

Cuide de você, mesmo que isso signifique ficar quietinho e não seguir nenhuma receita pronta. Faça a sua quarentena da melhor forma que puder. O que importa é que você chegue ao fim deste período com a mente em ordem, pronto para recomeçar.

Se ame, mesmo não tendo feito o planejado para hoje. Não deixe de se alimentar bem e tente fazer pelo menos algum exercício físico. Manter contato com algumas pessoas que você ama, mesmo que poucas, também pode te ajudar. Se a ansiedade está fugindo do controle, muitos psicólogos estão realizando atendimento online e poderão te dar um suporte profissional. Mas esqueça a super produtividade. Está tudo bem não estar bem. Em breve, tudo irá melhorar.

Fique em casa e boa leitura!