Lajeado

Vereadora solicita reforço na segurança para sessão do legislativo

Mariela Portz se diz “ameaçada” após publicar vídeo contra professores grevistas

Por

Vereadora solicita reforço na segurança para sessão do legislativo

Um vídeo publicado nas redes sociais pela vereadora Mariela Portz (PSDB) na última semana gerou reações por parte de professores e integrantes do Cpers/Sindicato. Após receber críticas na internet, a parlamentar afirma ter sido “ameaçada” e solicitou à presidência da câmara reforço na segurança durante a sessão do legislativo desta terça-feira, 3, a partir das 17h.
A polêmica iniciou quando Mariela divulgou vídeo sobre a confusão ocorrida na última semana, no Palácio Piratini, em Porto Alegre, durante manifestação de servidores contra o pacote de reformas apresentado pelo governo de seu correligionário, Eduardo Leite. A parlamentar utilizou termos como “execrável”, “canalhas” e “sindicato incompetente” ao se referir ao Cpers.
O conteúdo provocou críticas de docentes e integrantes do sindicato na web. Uma faixa com os dizeres “Fora Mariela” foi estendida na janela de um prédio na rua Alberto Torres, no Centro de Lajeado.
Para a sessão de amanhã, é esperada a presença de professores e alunos, contrários à reforma proposta pelo Piratini e e defendida pela vereadora. “Não sei o que pode acontecer. Acredito que não vá ocorrer nada, mas nunca se sabe. Então, isso é uma forma de prevenção”, justifica Mariela.
Mais informações na edição de amanhã do jornal A Hora. Confira o vídeo gravado pela vereadora: