opinião

Raquel Winter

Raquel Winter

Professora e consultora executiva

Confiança e as primas rimas

Por

A preciosidade está na condição do que é maravilhoso, suntuoso, magnífico, de grande valor. Portanto, parece-me que mais do que nunca a confiança está assumindo um posto de sentimento precioso, do tipo joia rara. E como tal, quanto mais o tempo passa, mais valor acumula.
A falta de confiança em nossos corações e mentes é sufocante, nos deixa à mercê de uma paisagem feia, degradada, sem cor. Vivemos sem confiar nos políticos, nos rótulos das embalagens, no sistema de saúde ou mesmo em um futuro próspero.
Não dá pra confiar que, ao voltar, o guarda-chuva ainda estará na portaria do prédio. Não podemos deixar nossa bolsa na mesa do restaurante enquanto nos servimos. Não é confiável. É preciso ficar o tempo todo de olhos abertos. Confiar na Justiça? Aquela que se diz cega? #sóquenão.
Precisamos, e com urgência, descobrir onde a confiança pode ser outra vez garimpada. Pacientemente, com perseverança e muita resiliência, temos que procurar essa preciosa condição que é base para toda e qualquer relação, seja comercial, conjugal, de amizade, de cura e todas as outras.
[bloco 1]
Sem confiança não há um relacionamento sadio, duradouro e tão pouco verdadeiro. Sem confiar que é possível mudar, resgatar, melhorar, conquistar novas e dignas perspectivas, não vejo saída nem cura para esses inúmeros transtornos que estressam, deprimem e oprimem cada vez mais um número inacreditável de pessoas agora adoecidas.
Confiar é preciso para que possamos seguir nossas vidas acompanhados de outros sentimentos decorrentes: paz de espírito, discernimento, tranquilidade, entusiasmo, segurança e admiração.
É como quando embarcamos em um avião. Depois que decolar, só nos resta confiar no piloto, na tecnologia, em Deus ou na sorte. Se não confiamos, o sofrimento é inevitável.
Por fim, vale refletir que confiança rima com esperança, fartança, balança, herança, criança, liderança e por aí vai. Faz muito sentido e inclusive acredito que são primas essas rimas raras. Confio mesmo nisso.