“Combate à estiagem deve ser política de Estado, e não de governo”, diz Ronaldo Santini

ENTREVISTA

“Combate à estiagem deve ser política de Estado, e não de governo”, diz Ronaldo Santini

Secretário estadual de Desenvolvimento Rural afirma que é preciso investir em tecnologias de irrigação, a longo prazo

Por

Atualizado quarta-feira,
18 de Janeiro de 2023 às 12:46

“Combate à estiagem deve ser política de Estado, e não de governo”, diz Ronaldo Santini
Secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Ronaldo Santini (Foto: Divulgação)
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

“Combate à estiagem deve ser política de Estado, e não de governo”, diz o secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Ronaldo Santini. A pasta foi recriada na segunda gestão de Eduardo Leite (PSDB).

Em entrevista ao programa Frente e Verso, da Rádio A Hora 102.9, desta quarta-feira, 18, afirma ser preciso investir em tecnologias como de irrigação, uma política de longo prazo, mas que evita o investimento em caminhão-pipa, uma política emergencial, a qual ocorre atualmente, mas resolve o problema apenas de forma momentânea.

Santini pontua que as estiagens tem sido mais severas e em intervalos mais curtos. Por isso, é preciso preparar as propriedades agora contra os períodos de falta de chuva, e garantir a alta produtividade.

Cita o Vale do Taquari ao dizer que é formado por pequenas propriedades, e que cada uma precisa de olhar diferenciado. Conforme ele, 73% dos endereços da agricultura são de pequenas propriedades. Para a área, diz que o Estado garantirá linhas de financiamento para compra de equipamentos, bolsas e estímulos à sucessão familiar.

Sobre a retirada de créditos presumidos, que tem impactado nos negócios das cooperativas, responde ter programado reuniões com as lideranças do setor para discutir o assunto.

Assista a entrevista na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais