A Mobília concentrará ações em novo Centro de Distribuição

Opinião

Thiago Maurique

Thiago Maurique

Jornalista

Coluna publicada no caderno Negócios em Pauta.

A Mobília concentrará ações em novo Centro de Distribuição

Por

Gustavo Adolfo 03

Depois de expandir para 10 unidades durante a pandemia, a A Mobília Móveis projeta inaugurar, até a metade deste ano, o novo centro administrativo e de distribuição da empresa. Localizado no bairro Universitário, em Lajeado, o espaço terá 2,7 mil metros quadrados de área construída concentrará atividades hoje separadas entre o depósito, na avenida ACVAT, e a Matriz, na avenida Alberto Pasqualini.

Conforme o diretor da empresa, Vandro Künzel, o ano de 2022 foi marcado por leve crescimento no faturamento, apesar dos impactos da economia para o setor. “O segmento foi afetado pela alta de preços, elevação nos juros, e principalmente, pelo índice de endividamento do consumidor, que resulta em dificuldade no acesso ao crédito.”

Com o novo centro administrativo e ações permanentes de qualificação interna, a A Mobília projeta ampliar o desempenho em 2023. Segundo ele, a empresa trabalha internamente em busca de equilíbrio para superar incertezas do mercado. “Encaramos o cenário com o devido desafio: nem maior, nem menor do que realmente é. Estamos preparados.”

Crédito: Divulgação


Contribuição do MEI sobe para R$ 66

A contribuição mensal dos Microempreendedores Individuais (MEIs) terá reajuste em 2023. Calculado com base no salário mínimo o valor passará para R$66, já que a remuneração mínima no país será de 1.320 reais neste ano. Já o MEI Caminhoneiro pagará R$ 158,40 de contribuição previdenciária. O novo valor de contribuição mensal dos Microempreendedores Individuais (MEIs) será calculado automaticamente no momento da emissão Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS).


RÁPIDAS

• Oportunidade no leite – O governo gaúcho assinou decreto que amplia o crédito presumido para estabelecimentos que produzem leite e soro do leite. A medida também contempla a produção de lactose e de proteína concentrada de soro de leite – suplemento alimentar mais usado pelos frequentadores de academia, o famoso Whey Protein. A medida pode significar ótima oportunidade para a região, que tem o leite entre os principais produtos da matriz produtiva. Até 2025, estima-se que as vendas de Whey Protein e outros suplementos fitness movimentem US$ 252 bilhões no mercado global.

• Contra inadimplência – O governo federal anunciou a criação de programa para combater a inadimplência. Batizada de Desenrola Brasil, a medida foi anunciada na quinta-feira e atenderá também as pessoas que contraíram empréstimo consignado oferecido pelo Auxílio Brasil em 2022. A estimativa é de que sejam atendidas 80 milhões de pessoas inadimplentes. Destas, 3,5 milhões tem dívidas de consignado e recebem o Auxílio Brasil. As dívidas que serão incluídas no programa somam um total de R$ 9,5 bilhões.

Acompanhe
nossas
redes sociais