Alviazul faz hora extra na Divisão de Acesso

Opinião

Caetano Pretto

Caetano Pretto

Jornalista

Colunista esportivo.

Alviazul faz hora extra na Divisão de Acesso

Por

Lajeado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Lajeadense faz neste domingo a partida mais importante do ano até então. Com vantagem de ter vencido a ida por 2 a 0, pode até perder por um gol de diferença para o Glória, em Vacaria, que irá avançar para a sonhada e decisiva semifinal. E cá entre nós, a verdade é que o Alviazul já faz hora extra na Divisão de Acesso.

Ano passado o clube bateu na trave com o terceiro lugar e a eliminação na semifinal para o União Frederiquense. Nos anos anteriores caiu nas quartas de final para Esportivo e Ypiranga, e na primeira participação após o rebaixamento, foi eliminado também na semifinal pelo Avenida. Vejam só, em todas as edições brigou e chegou perto do acesso. Nunca caiu na fase de grupos.

A hora de subir é agora. O time e o elenco nunca estiveram tão bons. Basta ver que o Dense não perde desde a sexta rodada da primeira fase. São nove jogos de invencibilidade, quase todos mantendo um excelente padrão de jogo. A partida de ida das quartas de final era temida, mas o 2 a 0 saiu até barato para o Glória. Tenho a certeza que o time fará um bom jogo no domingo, e que venha Esportivo ou Santa Cruz


Técnicos e jogadores de primeira divisão

Não é só o Lajeadense que faz hora extra na Divisão de Acesso. O time conta com um excelente treinador. Inclusive, subindo ou não com o Alviazul, dificilmente vejo Gelson Conte trabalhando na Divisão de Acesso no próximo ano. No primeiro semestre já fez um bom trabalho com o Novo Hamburgo. O telefone já deve estar tocando para assumir alguma equipe no Gauchão de 2023. Que seja o Lajeadense.

Dentro de campo alguns valores também se destacam. Para prosperar na carreira, além de qualidade, o atleta deve ter outros atributos. Sair da Divisão de Acesso e deslanchar não é fácil. Além de ser jovem, o jogador precisa ser comprometido, treinar bem, não ter problema extra campo e, claro, se destacar dentro dele.

É até arriscado citar nomes, pois todo o elenco está de parabéns, mas vejo jogadores como Dadalt, Iago, Marlon, Gui Dal Pian, Ruan e, principalmente, Ariel, alçando voos maiores nos próximos meses. Todos estão em fase esplendorosa. É por eles que passa o acesso do clube. O futuro a gente vê depois.

Créditos: Elton de Andrade


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsAppInstagram / Facebook