“O papel da escola é ser porto seguro”

entrevista

“O papel da escola é ser porto seguro”

Diretor do Ceat, Rodrigo Ulrich, fala sobre a comemoração dos 130 anos do colégio

Por

“O papel da escola é ser porto seguro”
Lajeado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

No programa A Hora Bom Dia da Rádio A Hora 102.9 desta sexta-feira (14), o diretor do Colégio Evangélico Alberto Torres (Ceat), Rodrigo Ulrich, falou sobre os 130 anos da instituição de ensino, comemorados no dia 15 de janeiro.

Ulrich afirma que celebrar os 130 anos do colégio é celebrar a vida. “Temos um projeto pedagógico construído com muita ajuda, sempre mantendo a missão e os valores da instituição”, fala.

Segundo ele, a sociedade está evoluindo, através de processos cíclicos que existem. “O papel da escola é ser porto seguro para que as pessoas não tenham medo de buscar os caminhos mais importantes, já que nem sempre são os mais fáceis.”

Para a comemoração dos 130 anos, o colégio busca engajamento dos alunos, pais e colaboradores através das redes sociais. “Janeiro é um período diferente, a maioria está de férias”, afirma.

O diretor comenta que o Ceat prepara uma ação para as pessoas que estão no litoral gaúcho. “Pedimos que as pessoas que estão na praia fiquem atentos”. Ele afirma que o colégio espera que todos sintam-se homenageados.

Para 2022, Ulrich fala que uma das grandes iniciativas, que faz parte da comemoração dos 130 anos, é o lançamento do Memórias Ceat. “É uma espécie de museu que será entregue para a comunidade”, explica.

As aulas no Ceat começam no dia 14 de fevereiro, e o diretor afirma que visualiza um ano cada vez mais próximo do que é o normal. “Algumas flexibilizações já foram feitas em 2021 e esperamos que até fevereiro, outras sejam feitas.”

Ouça a entrevista na íntegra: