O ano que espera a Dupla Gre-Nal

Opinião

Caetano Pretto

Caetano Pretto

Jornalista

Colunista esportivo.

O ano que espera a Dupla Gre-Nal

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O ANO QUE ESPERA O INTER

Confesso que já fui mais otimista com a Dupla Gre-Nal em inícios de temporada. Parei para pensar e tentei achar bons indicativos de que o ano poderá ser positivo para Grêmio e Internacional, mas prevalece a incerteza.

No lado vermelho do estado, é possível se amparar em um novo treinador e que aparenta ter qualidade. “El Cacique” fez bons trabalhos no Nacional e no Talleres e tem um estilo de trabalho que me agrada. Intensidade é a palavra-chave. Está mais para Coudet do que para Aguirre.

O problema é as peças que o comandante terá. Olhando as notícias, o Internacional é muito assertivo nos jogadores que procura. Mas não consegue contratá-los. Falta grana no Estádio Beira-Rio, e sem ela, tudo fica difícil. O Colorado tem um bom time base, mas se não trouxer mais jogadores, e prontos, Medina não terá o elenco necessário para correr 90 minutos as cerca de 60 partidas do ano. Falta principalmente extremas, os velhos pontas, posição fundamental no estilo de jogo de Cacique.

Prevendo a temporada, o Inter abre o ano com a esperança de vencer o Gauchão e fazer uma boa caminhada na Sul-Americana. Nada mais.


O ano que espera o Grêmio

No lado azul do RS é ainda mais difícil prever como será a temporada. Acredito que as mudanças estruturais tenham sido bem conduzidas pelo Grêmio. Muitos jogadores saíram, quase todos de forma correta.

Os reforços, na sua maioria, também agradam. Embora eu acredite que Benítez não seja um bom acréscimo devido à falta de capacidade de aguentar o tranco da temporada brasileira. O meu porém no Tricolor é o treinador. Vágner Mancini dificilmente terminará a temporada no Grêmio.

O clube disputará Gauchão, Copa do Brasil e Série B do Brasileirão. Tem totais condições de vencer dois deles. É favorito na segunda divisão e sabe vencer o estadual. Mesmo assim, acho Mancini incapaz de conduzir o projeto de reestruturação. Espero estar enganado.


Acompanhe nossas redes sociais: Instagram / Facebook.