7 notícias: Ministério da Saúde compra 20 milhões de doses da vacina Covaxin

DESTAQUES DA MANHÃ

7 notícias: Ministério da Saúde compra 20 milhões de doses da vacina Covaxin

Confira notícias que são destaques na manhã desta sexta-feira

Por

7 notícias: Ministério da Saúde compra 20 milhões de doses da vacina Covaxin
(Foto: Divulgação)
Brasil
Imec - Lateral vertical - Final vertical

O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta-feira a compra de 20 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 Covaxin, produzida pelo laboratório Bharat Biotech. Os primeiros 8 milhões de doses devem chegar em março e o restante, entre abril e maio. A Anvisa, no entanto, não recebeu um pedido de autorização para o uso emergencial ou definitivo do imunizante, o que é indispensável para o uso.

Segundo o comunicado, o contrato assinado com a Bharat Biotech e o laboratório brasileiro Precisa Medicamentos, é de R$ 1,6 bilhão. De acordo com a Agência France Presse (AFP), a vacina gera reticências no setor médico, devido à falta de dados sobre os testes clínicos e por não ter sido testada no país.


Alexandre Lopes é exonerado da presidência do Inep

O presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Alexandre Ribeiro Pereira Lopes, foi exonerado do cargo. A exoneração foi oficializada em edição na madrugada desta sexta-feira (26) do Diário Oficial da União e traz a assinatura do ministro da Casa Civil, Walter Souza Braga Netto. O substituto não foi nomeado.

O Inep é uma autarquia vinculada ao MEC (Ministério da Educação). O órgão é responsável pela realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além de outras provas (Revalida, Encceja, Enade, etc.), avaliações (Sinaes, Saeb), censos da educação e estatísticas sobre a educação brasileira, como as que formam o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica.


Bolsonaro projeta quatro repasses de R$ 250 para nova rodada do auxílio emergencial

O governo caminha para bater o martelo sobre os detalhes do pagamento de novas parcelas do auxílio emergencial a partir do mês que vem. O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira que conversou com o ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a ideia do benefício ser pago em quatro parcelas no valor de R$ 250. Ele ressaltou que a proposta também é debatida com o Congresso. Bolsonaro voltou a destacar a situação de endividamento do país. Segundo ele, o pagamento do auxílio por mais quatro meses é “para ver se a economia pega de vez”. O presidente disse ainda que o governo espera “uma nova proposta para o Bolsa Família” após o pagamento do auxílio.


Governo Federal anuncia investimento em segurança energética para o País

O presidente Jair Bolsonaro lançou oficialmente, nesta quinta-feira (25), em Foz do Iguaçu (PR), o projeto de revitalização do sistema de Corrente Contínua de Alta Tensão (HVDC) de Furnas, com aportes de R$ 1 bilhão da margem brasileira de Itaipu. O sistema é responsável pela transmissão de parte da energia produzida pela hidrelétrica binacional e que abastece os principais centros consumidores do País, como Rio de Janeiro e São Paulo.

O presidente Jair Bolsonaro lembrou da visão de futuro dos governos militares que construíram Itaipu e que seu governo têm a mesma preocupação, como demonstra o investimento na revitalização do sistema.


Termina nesta sexta-feira prazo para empregador entregar comprovante de rendimentos

Termina nesta sexta-feira (26) o prazo para que os empregadores entreguem aos seus funcionários o comprovante de rendimentos do ano passado, documento necessário para a declaração do Imposto de Renda de 2021, referente ao ano-base 2020.

Quem estiver obrigado a declarar precisa fazer isso entre 1º de março e 30 de abril. O comprovante deverá trazer as informações sobre o total dos rendimentos obtidos pelo trabalhador em 2020 e o Imposto de Renda Retido na Fonte no período.

Bancos e corretoras de valores também têm até esta sexta para disponibilizar aos clientes os informes de rendimento, com dados sobre aplicações financeiras, que deverão ser declarados pelos contribuintes. Esses dados podem ser entregues impressos ou disponibilizados eletronicamente.


Estado faz o pagamento de R$ 68 milhões aos hospitais gaúchos

O governo do Estado realizou o pagamento, nesta quinta-feira (25), dos incentivos hospitalares no valor de R$ 68 milhões para mais de 200 hospitais filantrópicos, públicos e gerenciados por convênios com recursos próprios do Estado.

O pagamento é referente ao mês de janeiro de 2021. O valor é proveniente do Tesouro do Estado, e garante a oferta de serviços por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) como porta de entrada para urgência e emergência, plantões presenciais em algumas especialidades prioritárias, atendimento a gestantes de alto risco e rede de atenção ao parto, saúde mental, entre outros.


Governo do RS quita salários de fevereiro em dia nesta sexta-feira

O Tesouro do Estado anunciou que fará nesta sexta-feira a quitação em dia de todos os salários referentes à folha de fevereiro dos servidores do Poder Executivo. O depósito do valor integral será realizado para cada um dos cerca de 339 mil vínculos. Também está confirmado para amanhã o pagamento da segunda parcela do décimo terceiro salário de 2020, no valor de R$ 128 milhões.