opinião

Caetano Pretto

Caetano Pretto

Jornalista

Colunista esportivo.

Polêmicas da arbitragem

Por

Vale do Taquari

A arbitragem no Brasil é amadora. Isso todos sabem. Não apenas no nível, mas como categoria. São profissionais que têm suas carreiras fora dos campos ao mesmo tempo em que decidem as principais partidas do país. Enquanto isso não mudar, continuaremos com polêmicas de arbitragem todas as rodadas.

O pedido do Grêmio pela anulação da partida contra o São Paulo não irá resolver os problemas de nossos árbitros. No máximo joga mais alguma luz sobre os já conhecidos escândalos. O Grêmio faz bem em apontar os erros, mas não aponta uma solução.

O que eu gostaria de ver é o clube apontar não só o erro contra si, mas também apontar quando é beneficiado. É a famosa frase de “A banca paga e recebe”. Os clubes de futebol deveriam se unir e trabalhar pela melhora da arbitragem. Pela profissionalização dos árbitros. Isso não aumentaria apenas o nível da arbitragem. Melhoraria também o nível de nosso futebol.

De grande rivalidade no futebol, as cidades de Lajeado e Estrela se uniram por uma razão maior. Clube Esportivo Lajeadense e Associação Estrela de Futebol são os mais novos parceiros no futebol feminino. Em um primeiro momento, o clube de Estrela usará as instalações e as cores do clube de Lajeado na disputa do Gauchão Feminino. A parceria pode render frutos, uma vez que o campeão do interior garante vaga para a Série A2 do Campeonato Brasileiro. Mais importante, é vermos os nossos clubes olhando com cada vez mais atenção para as mulheres.