Unidos pelo e  para o Vale!

opinião

Cíntia Agostini

Cíntia Agostini

Vice-presidente do Codevat

Assuntos e temas do cotidiano

Unidos pelo e para o Vale!

Por

Lajeado
Imec - Lateral vertical - Final vertical

Parece retórica, mas eu acredito profundamente na participação cidadã e nas possibilidades da promoção de um desenvolvimento regional harmônico e sustentável.

Eu compreendo perfeitamente aqueles que defendem um ou outro tema, que defendem um ou outro setor, estão no seu papel de legitimamente lutarem por interesses que são seus e daqueles que porventura representam.

No entanto, mais do que nunca, temos que ter clareza do que significa o desenvolvimento regional harmônica e sustentável, um desenvolvimento que é qualitativo, para além dos dados econômicos quantitativos, que busca sempre a harmonia e a sustentabilidade, que luta por todas as causas, sem pré conceitos que algumas valham mais que outras, que defende o equilíbrio social, econômico, ambiental e político, que discute e participa e que toma as decisões democraticamente.

E assim, considerando que o Vale do Taquari é resultado da ação dos seus atores, existem diversas e diferenciadas formas de promoção do desenvolvimento. Ou seja, é a partir das particularidades regionais, da construção social dos atores que o desenvolvimento da nossa região acontecerá. Um desenvolvimento regional harmônico e sustentável prevê um território unido por suas causas, sem que sejam causas de alguém e sim causas de todos. E neste momento, crucial para as nossas vidas, que temos que zelar pela saúde de todos, que temos que nos olhar a partir do outro e compreender suas necessidades, temos que estar unidos, unidos por causas que nos aproximam.

Isso não quer dizer de forma alguma que temos que pensar da mesma forma ou agir da mesma forma, mas temos que atuar em nosso local e região, unidos por todos nós. Os brasileiros são um povo afável e que compartilha o pouco que tem, e neste momento é fundamental olharmos para nosso entorno e reforçarmos nosso espírito de participação, de compartilhamento e de cooperação.

Por isso, as concepções que estão por detrás de um desenvolvimento regional harmônico e sustentável pressupõem a valorização do território no qual vivemos, a valorização das nossas pessoas e dos nossos negócios. Assim, vamos todos nos engajar em cooperar com as marcas regionais, com as empresas regionais, com os negócios do Vale do Taquari. Vamos comprar aquilo que é do nosso produtor rural, aquilo que é processado em nossos municípios e região e assim ajudaremos na circulação de renda na região, na manutenção dos negócios regionais e nos empregos de tantos de nós.

Não temos como ajudar a todos, apesar de termos ciência de que o mundo sofre, mas temos como ajudar ao menos quem está mais próximo. Esse momento merece um esforço de todos nós, merece resiliência e cooperação. Vamos nos unir pelo Vale e para o Vale do Taquari superar essa crise.