Prefeito acusa vereadores de politicagem

Notícia

Prefeito acusa vereadores de politicagem

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Os cinco votos contrá­rios ao financiamen­to de R$ 1 milhão terminaram com a previsão do Executivo em in­vestir no parque poliesportivo neste ano. Na sessão da sema­na passada, vereadores de opo­sição consideraram inapropria­da a contratação de crédito da Agência de Fomento da Caixa Estadual (Caixa/RS).

cruNa opinião deles, o paga­mento das parcelas poderia comprometer o exercício das próximas administrações mu­nicipais. Para o prefeito Rudi­mar Müller, a decisão quer pre­judicar o governo, visando às próximas eleições. “A rejeição do financiamento tem caráter político.”

Um dos opositores, o vereador Ubirajara Marques (PP) ressal­ta que são necessários investi­mentos em saúde. “O emprésti­mo endividaria o município.”

Mesmo alegando respeito à decisão do Legislativo, Müller contesta a informação de que a população é contra o inves­timento. Segundo ele, as reuni­ões para elaboração do Plano Diretor mostraram o inverso. “Era uma melhoria esperada pelos cidadãos.”

A realização da consulta à população também está des­cartada. Segundo o prefeito, falta tempo hábil para reali­zar um plebiscito. Pela lei, pro­jeto rejeitado só pode retornar à pauta do Legislativo no ano seguinte.

Saiba mais

19 de outubro. Executivo enviou o projeto. Valdori da Silva (PDT) pediu mais tempo para análise.

7 de novembro. Engenheiros da administração mu­nicipal e a secretária de Planejamento, Adriane Schoss­ler apresentaram o projeto aos parlamentares.

9 de novembro. Projeto foi rejeitado. Cinco vereado­res foram contrários ao empréstimo