Programa visa auxiliar produtores rurais afetados pela enchente

ARROIO DO MEIO

Programa visa auxiliar produtores rurais afetados pela enchente

Levantamento preliminar aponta prejuízo de R$ 50 milhões na cidade

Por

Atualizado segunda-feira,
03 de Junho de 2024 às 14:34

Programa visa auxiliar produtores rurais afetados pela enchente
Foto: Gabriel Santos
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), através do Programa Agro Solidário: Catástrofe Climática no RS, está empenhado em apoiar as famílias de produtores e trabalhadores rurais que foram afetados por eventos climáticos.

As enchentes, enxurradas e deslizamentos registrados em maio causaram significativos prejuízos em várias propriedades. Um levantamento preliminar aponta prejuízo de R$ 50 milhões.

Para se beneficiar do programa, os produtores e trabalhadores rurais que tiveram danos em suas residências ou propriedades devem registrar suas situações no Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) ou na Secretaria de Agricultura de Arroio do Meio.

O cadastro é feito de forma presencial e iniciou hoje, 3. Conforme o supervisor de Promoção Social do Senar, Iúri Bertollo.

Bertollo destacou que o objetivo principal é realizar um levantamento detalhado das propriedades afetadas, identificando todas as necessidades dos produtores e trabalhadores rurais de cada município e região. “A intenção inicial é de fazer um levantamento e acessar todos afetados.

Com este levantamento, de acordo com a necessidade informada, o produtor num primeiro momento terá acesso a donativos concentrados em uma central de Lajeado e, num segundo momento, à assistência técnica para várias atividades”, explicou Bertollo.

Segundo ele, os esforços incluem a elaboração de projetos, análise de solos e recuperação de áreas danificadas, permitindo que os produtores possam retomar suas atividades com o suporte necessário.

R$ 50 milhões de prejuízo

Um levantamento preliminar realizado pelo Conselho Municipal da Agricultura (Conar) revelou que as recentes enchentes e cheias, aliadas ao período de chuvas entre 29 de abril e 2 de maio, resultaram em prejuízos financeiros estimados em R$ 50 milhões para as áreas rurais de Arroio do Meio.

O relatório divulgado no dia 14 de maio destacou as áreas mais afetadas, como Passo do Corvo, Cascalheira e Forqueta Baixa, onde produtores enfrentaram não apenas perdas financeiras, mas também danos em maquinários, implementos agrícolas e convivem com a destruição de vários galpões.

Em outras localidades, como Linha 32 e Palmas, os estragos foram agravados por deslizamentos, resultando na destruição de galpões e aviários.

Acompanhe
nossas
redes sociais