Com cartazes, moradores protestam contra corte de árvores em Lajeado

MANIFESTAÇÃO

Com cartazes, moradores protestam contra corte de árvores em Lajeado

Retirada da vegetação em frente às capelas mortuárias do bairro Florestal é necessária para o alargamento da Avenida Benjamin Constant e construção de rótulas na via. Prefeitura informa que supressão foi autorizada por alvará e será feito plantio de compensação

Por

Atualizado segunda-feira,
01 de Abril de 2024 às 14:29

Com cartazes, moradores protestam contra corte de árvores em Lajeado
Foto: Bianca Mallmann
Lajeado

A retirada da vegetação em frente às câmaras mortuárias do Florestal, em Lajeado, gerou insatisfação de alguns moradores. O trabalho se faz necessário para o alargamento da Avenida Benjamin Constant e construção de rótulas na via.

Como maneira de manifestar o descontentamento com a situação, foram colocados cartazes com frases contra o corte de árvores no local. As mensagens com os dizeres: “sofremos a dor da morte e infelizmente não vamos mais estar aqui para servir vocês”, “após testemunhar tantas mortes e despedidas, chegou a nossa vez” e “eu dei muita sombra, ajudei a diminuir o calor e meu destino: a morte” contam também com a assinatura de “as árvores”.

Compensação

Questionada sobre a retirada das árvores do local, a administração municipal informa em nota que “a construção de uma nova rótula para aumentar a segurança do trânsito nas imediações da rodoviária de Lajeado, permitindo conversões com maior tranquilidade naquele local, acabou por requerer a supressão de árvores da calçada e do pátio das câmaras”.

Conforme o projeto, a construção da rótula requer uma área maior do que a disponível no atual leito da rua, o que “exigiu a ampliação do espaço das vias para dentro do pátio das câmaras”.

A retirada das árvores foi autorizada por meio do alvará nº 161-03/2023 da Secretaria do Meio Ambiente, Saneamento e Sustentabilidade (Sema), que trata da autorização para supressão de vegetação nas obras das rótulas.

Conforme o documento, na rótula localizada junto às câmaras mortuárias, foi “autorizada a supressão de 37 exemplares, dos quais sete ficavam na calçada. Como medida compensatória, será feita a reposição de 44 exemplares (os exemplares retirados de calçadas são repostos em dobro), preferencialmente no mesmo local, em até um ano após a retirada e com mudas com no mínimo um metro de altura”.

Localização das rótulas

Serão quatro rótulas construídas na Avenida Benjamin Constant. O objetivo, segundo a administração municipal, é dar mais fluidez ao trânsito e promover mais segurança para as conversões.

Elas serão instaladas nos seguintes pontos: na Benjamin Constant no cruzamento com a rua Waldemar Ely, em frente a rodoviária e as câmaras mortuárias do bairro Florestal. No local, existem três sinaleiras que serão realocadas para outro ponto da cidade e o trânsito será organizado apenas pela rótula.

O segundo trecho fica no cruzamento da avenida com a rua Irmando Weissheimer e Luiz Gaspar Jung, logo após ao viaduto da ERS-130 para quem segue no sentido centro-bairro. Os semáforos do local também serão retirados.

Ainda no sentido centro-bairro, a próxima rótula será no cruzamento com a avenida João Alberto Schmitt, via que dá acesso ao prédio da Funerária Diersmann. Neste trecho, também está prevista a duplicação de uma quadra da avenida Benjamin Constant, entre a avenida João Alberto Schmitt até a rua João Sebastiany. As obras neste ponto estão em andamento.

A última rótula fica no cruzamento da avenida com a rua Oswaldo Mathias Ely, próximo a duplicação da Benjamin Constant.

Galeria

Acompanhe
nossas
redes sociais