Expectativa para a ExpoSanta é ultrapassar 10 mil visitantes

cultura

Expectativa para a ExpoSanta é ultrapassar 10 mil visitantes

Santa Tereza realiza abertura da festividade neste fim de semana e finaliza em 27 de março

Por

Expectativa para a ExpoSanta é ultrapassar 10 mil visitantes
Evento ocorre na Praça do Porto. Em 2023, mais de 10 mil pessoas passaram pela cidade na primeira edição. (Fotos: Brayan Bicca)
Canudos do Vale
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Neste final de semana, o município dá início à segunda edição da ExpoSanta, um evento que une música, gastronomia, artesanato, produtos locais e diversas atrações. Uma programação especial que inicia nos dias 16 e 17, e segue dia 20, 22, 23 e 27 de março como forma de comemorar o aniversário de Santa Tereza que completa 32 anos nesse mês. A pequena cidade de 1,5 mil habitantes realizou a primeira edição da feira no ano passado e reuniu mais de 10 mil pessoas.

Para a prefeita Gisele Caumo, o que motivou a criação da maior festividade de Santa Tereza foi poder realizar um sonho de muitos. “Surgiu com o intuito de enaltecer os nossos produtos, serviços e tudo que é aqui produzido e cultivado. Desde a nossa agricultura até as cachaçarias, vinícolas, nosso artesanato que é riquíssimo, a gastronomia italiana que atrai muitos visitantes, e também o nosso conjunto arquitetônico de edificações tombadas pelo patrimônio histórico, artístico e nacional”, aponta Gisele.

Com o sucesso da primeira edição, as expectativas para a próxima festividade eram altas. Entretanto, Santa Tereza também foi afetada expressivamente pelas enchentes do ano passado, o que colocou dúvidas sobre a realização do evento. “Uma das maiores indagações que me foram feitas era se iríamos dar continuidade a ExpoSanta em 2024, imediatamente, sem pensar nos prejuízos substanciais, eu afirmei que sim. Nesse momento, nossos empreendedores, prestadores de serviços, e o comércio precisam desse incentivo, deste ânimo, nesta retomada”, salienta a prefeita.

O conjunto arquitetônico de edificações tombadas pelo patrimônio histórico, artístico e nacional são uma das atrações do município

A expectativa do governo municipal é alcançar um público ainda maior nessa segunda edição. “Até porque no ano passado a ExpoSanta foi apenas um dia, e agora ampliamos para que todos que tenham um apreço pelo município possam participar. Teremos passeio de balão, caiaque, ônibus Trentino e diversos shows como Tchê Sarandeio, Acústicos & Valvulados e Nenhum de Nós”, complementa Gisele.

A retomada

A enchente de 4 de setembro de 2023 foi a maior catástrofe que o município já enfrentou. Segundo a gestora, em termos de prejuízos foram mais de R$ 40 milhões para uma realidade de um orçamento anual de R$ 22 milhões. A prefeita salienta que assim que a água baixou, só restavam duas opções: chorar ou trabalhar. “Trabalhamos e ainda não paramos com a reconstrução de Santa Tereza. São muitas ações que exigem planejamento e que serão concretizadas ao longo dos anos”, enfatiza Gisele.

Nesse sábado, 16, durante a cerimônia de abertura, será realizado uma homenagem a todos os voluntários que atuaram nas cheias de 2023. “Para ficar registrado o nosso carinho e apreço a todas as pessoas que estenderam a mão no momento mais difícil da história de Santa Teresa”, salienta a prefeita.

Um dos empreendimentos presentes na ExpoSanta será a Cachaçaria Velho Alambique. O empreendimento familiar foi criado em 2001 e participou da primeira edição da festividade. “Nós não esperávamos muito público, então acabou sendo ótimo para a empresa. Nossas expectativas para esse ano estão muito altas, inclusive iremos oferecer caipirinhas, algo muito solicitado em 2023”, conta Laura Remus, que junto do pai Ivandro, a mãe Viviane e o irmão Gustavo, trabalham para manter a cachaçaria.

Acompanhe
nossas
redes sociais