Encantado apresenta projeto de R$ 17 milhões para drenagem

SANEAMENTO

Encantado apresenta projeto de R$ 17 milhões para drenagem

Proposta inclui a construção de redes de drenagem pluvial, ampliação de bueiros e galerias subterrâneas, bem como a implementação de sistemas de captação de água da chuva

Por

Encantado apresenta projeto de R$ 17 milhões para drenagem
Foto: divulgação
Encantado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Encantado apresentou ao governo federal um projeto para melhoria da drenagem urbana nos bairros Centro e Porto Quinze. O prefeito Jonas Calvi, acompanhado por profissionais de engenharia e planejamento do município, participou de uma reunião com membros da Coordenação-Geral de Saneamento Integrado, Resíduos e Drenagem (CGRSI) da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental (SNSA) do Ministério das Cidades, com o objetivo de protocolar a proposta no Novo PAC- Cidades Sustentáveis e Resilientes-OGU.

Durante a apresentação do projeto, Calvi destacou que Encantado passou pela maior inundação da história nos dias 4 e 5 de setembro de 2023. Mais de 4 mil residências foram prejudicadas, resultando no desalojamento de várias pessoas. Muitas famílias perderam todos os pertences devido ao grande volume de chuvas, deslizamentos e à rapidez do evento climático. Além disso, a infraestrutura pública, as indústrias e os comércios foram profundamente afetados.

No Bairro Porto XV, especificamente na rua Aurélio Moesch, ocorreu um deslizamento de terra e o bueiro existente não suportou o volume de água, interrompendo o acesso à rua e deixando mais de 240 famílias ilhadas. Diante dessa situação, o governo apresentou uma proposta ao PAC Seleções para a realização de obras de drenagem na rua Aurelio Moesch e nos fundos da rua Bahia com a rua Erich Franz Anner. O objetivo é aprimorar o sistema de drenagem da área urbana, que sofre com alagamentos recorrentes.

A proposta inclui a construção de redes de drenagem pluvial, ampliação de bueiros e galerias subterrâneas, bem como a implementação de sistemas de captação de água da chuva. Além disso, o projeto contempla obras de recuperação e readequação das vias públicas afetadas pelos alagamentos, melhorias nas redes de esgoto e água potável, e a criação de áreas de lazer e recreação para a comunidade.

O projeto requer um investimento que ultrapassa os R$ 17 milhões de reais, e a gestão municipal aguarda a análise e aprovação por parte do Governo Federal para que seja possível executá-lo o mais breve possível. A expectativa é que as medidas propostas possam reduzir significativamente os impactos das chuvas, proporcionando um ambiente urbano mais seguro e sustentável para os moradores dos bairros Centro e Porto Quinze.

Além do prefeito Jonas participaram da reunião os Engenheiros Gilmar Fachini, Márcio Radaelli, Ana Delsa Tronco Civardi e a assessora de projetos do município Luana Coppini.

Acompanhe
nossas
redes sociais