Futebol tem o poder de mudar histórias

Opinião

João Lucas Feldens Catto

João Lucas Feldens Catto

Advogado desportivo

Futebol tem o poder de mudar histórias

Por

Imaginem que em uma cidadezinha pequena do interior, daqueles locais mais extremos e remotos do Brasil, existe um modesto clube de futebol. Lá também existem famílias que vivem de sonhos de que algum dia mudarão de vida, apostando que o “seu menino” um dia irá mudar a realidade de todos. É, esse garoto já carrega o peso da esperança de uma família inteira, apenas a expetativa de seu talento.

Sim, o futebol tem esse poder de mudar histórias, tornar heróis aqueles que nasceram para ser vilões, trazer à luz aqueles que nasceram na escuridão ou simplesmente ter a chance de mostrar para o mundo aquele talento que nasceu para ficar escondido, naquela pequena cidade.

Essa semana saiu o sorteio da Copa do Brasil.

Nesse torneio muitos garotos terão, talvez, a única oportunidade de mostrar para o mundo a sua história de superação, podendo mostrar para o público da televisão a realidade de um futebol que passa longe desses holofotes. Pois é, esse é o torneio onde disputam clubes sem divisão contra aquelas principais potências do esporte brasileiro, por isso ganhando a fama de “o mais democrático do país”. Lembra daquela cidadezinha do interior? Então, esse é o momento que o time daquela cidade tanto esperou. JOGAR CONTRA OS GRANDES DO PAÍS.

É a chance daquele menino mostrar o seu talento e começar a “descarregar o peso” para mudar a história da família.

Essas partidas vem carregadas de uma grande pressão, muito embora o poder de ascensão dentro do futebol seja grande, na sua mesma velocidade anda a possibilidade de frustração. Mas não só a sua.

Mas é Copa do Brasil, o momento tão aguardado.

Dessa competição já vimos histórias de um pequeno time que levou uma goleada, mas um garoto ali chamou a atenção. Esse garoto acabou não somente sendo contratado, mas também acabou virando ídolo daquele grande clube. Ele sabia que essa era a sua hora e seu momento, cabendo exclusivamente a ele transformar a dura missão de enfrentar um gigante em uma janela de esperança para todos aqueles que por ele torcem (e dependem).

Que venha 2024, com novas histórias e novas oportunidades para serem contadas.

Acompanhe
nossas
redes sociais