Cooperagri investe R$ 6,5 milhões em nova fábrica e agrocenter

TEUTÔNIA

Cooperagri investe R$ 6,5 milhões em nova fábrica e agrocenter

Projetada para o primeiro trimestre deste ano, expansão da unidade na Linha São Jacó também contará com novo agrocenter, escritórios e pavilhão de estocagem

Por

Cooperagri investe R$ 6,5 milhões em nova fábrica e agrocenter
Imagem: Divulgação
Teutônia
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Promover o crescimento econômico é um dos propósitos da Cooperagri, de Teutônia. Para contribuir com este processo, a cooperativa investe R$ 6,5 milhões na construção de sua nova fábrica e do agrocenter, escritório e pavilhão de estocagem, na Linha São Jacó, que quadruplicará sua capacidade produtiva. O novo complexo terá 2.750 metros quadrados.

Segundo o presidente Edson Dahmer, a cooperativa planejava há algum tempo a ampliação ou criação de uma nova fábrica. Diante da necessidade de qualificar outras etapas do processo industrial, como um novo espaço para o agrocenter, que permitirá incluir novos produtos e serviços, o investimento foi natural. “Vínhamos crescendo 25% ao ano e esse movimento já estava no escopo. Porém, em 2023 aumentamos nosso volume em mais de 190%. Era o momento certo para isso”, analisa.

Imagem: Divulgação

A atual fábrica, que não será desativada, tem capacidade de 10 toneladas por hora. A nova terá a capacidade de 30 toneladas por hora, o que vai possibilitar uma produção de 40 toneladas a cada 60 minutos. Isso dá a possibilidade de produzir, mensalmente, 7 mil toneladas. Além disso, o novo complexo fará com que a capacidade de estocagem salte dos atuais 886 metros quadrados para 2.266 metros quadrados.

A nova fábrica ainda contará com um sistema de moagem conjunta. Porém, além de ampliar a capacidade produtiva, a manutenção da atual fábrica passa pela alta demanda por rações com formulações específicas. “Existem produtores que querem casca inteira ou casca grossa e a nova linha fabril não vai dar essa possibilidade de personalização. Por isso, mantivemos a atual para atender essas linhas específicas”, explicou o presidente.

Ração para peixes

Se em 2022, a Cooperagri investiu no segmento dos defensivos agrícolas, a cooperativa apresentou no fim de 2023 um novo item em seu portfólio de produtos: rações para peixes. Produzido por uma terceirizada, a Nutribarrasul Alimentos Pet Ltda, uma referência no segmento, o produto está disponível em embalagens de 10 quilos, nas versões 21% e 32%.

“Muita gente nos pediu ração para peixes. Por isso, aceleramos o processo para disponibilizar o quanto antes. Inicialmente, iríamos apresentar depois da inauguração do novo pavilhão. Porém, para acompanhar a novidade estamos preparando o lançamento de rações para cavalos, tanto ensacado quanto a granel”, observa Lício Sulzbach, gerente administrativo e financeiro da Cooperagri.

Números da Cooperagri

Além do crescimento de 193% no volume comercializado, a Cooperagri ampliou 66% seu faturamento, chegando a R$ 56 milhões. A Cooperativa também aumentou em 14,3% o número de cooperados em 2023.

Acompanhe
nossas
redes sociais