Trilhas da Inovação forma 3ª turma e se consolida no Pro_Move

política e cidadania

Trilhas da Inovação forma 3ª turma e se consolida no Pro_Move

Formação inicial em quatro áreas da tecnologia para alunos do Ensino Fundamental dentro do Senai se torna referência no RS

Por

Trilhas da Inovação forma 3ª turma e se consolida no Pro_Move
Objetivo do Trilhas é antecipar conhecimentos sobre o mundo do trabalho com alunos ainda no Ensino Fundamental. Dos formados nos dois anos anteriores, cerca de 70 continuaram cursos técnicos por meio do Jovem Aprendiz. (Foto: A Hora)
Lajeado

Aproximar estudantes da rede municipal com as oportunidades do mundo do trabalho na indústria, e isso antes mesmo de chegar ao Ensino Médio. Nesta afirmação se sustenta a premissa base do Trilhas da Inovação. Programa lançado em 2021 como primeira ação concreta do Pro_Move e que agora finaliza o terceiro ano de atividades.

Os resultados são excelentes, afirma o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, André Bücker. “Na nossa análise, o projeto Trilhas é muito positivo. Ele simboliza um dos princípios do governo e também do próprio Pro_Move”, diz.

Nas primeiras duas turmas (nos anos de 2021 e 2022), do total de 218 formados, mais de 70 alunos deram continuidade aos estudos por meio do Programa Jovem Aprendiz. “Estamos falando de 30% dos alunos. Eles ingressaram no primeiro ano do Ensino Médio já com vínculo de trabalho. Com carteira assinada, recebendo meio salário mínimo e a oportunidade de seguir a formação técnica”, afirma o coordenador técnico de ensino do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Marcelo Schedler.

Na noite desta segunda-feira, 11, ocorre na Univates a terceira formatura. São 129 jovens, entre 13 e 14 anos, certificados. Durante pouco mais de meio ano, tiveram atividades no contraturno escolar dentro da escola de formação do Senai Lajeado.

Nas aulas, participaram de quatro trilhas. Conheceram os princípios de áreas como Indústria 4.0, Robótica, Tecnologia da Informação e Eletrônica. “São conhecimentos básicos do que temos de mais atual sobre o setor de transformação. Com essa iniciação, os alunos saem na frente dos demais.”

A seleção dos participantes é feita pelas escolas municipais. Ocorrem entre a metade de março e abril.

Renovação em curso

Frente aos resultados, avalia o secretário André Bücker, a ideia é continuar com o convênio entre Lajeado e Senai para 2024. “Está muito bem encaminhado. Não podemos afirmar agora, mas já temos recursos separados para o próximo ano.”

De acordo com Bücker, as variáveis em análise vão no sentido de garantir o número de vagas de 139 matrículas, ou se há condições para ampliar o acesso. “Temos de ver qual será o interesse dos alunos, se teremos o número de inscritos necessários. Caso tenha mais do isso, precisamos ver qual a condição em termos de estrutura do Senai para ampliar as vagas”, explica Bücker.

A formatura da terceira turma ocorre na noite desta segunda-feira. Ao todo, 129 estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental das escolas de Lajeado, receberam os certificados. Neste ano, o investimento do município para os cursos foi de R$ 224 mil.

Pelo levantamento de retorno, só com a movimentação financeira dos quase 70 alunos dentro do Jovem Aprendiz, houve a movimentação pelo contrato com as empresas e sequência de formação, estima-se que tenha havido um incremento de R$ 840 mil no orçamento das famílias selecionadas em 18 meses.

Referência para além do Vale

O Trilhas da Inovação passou a ser replicado em outras regiões e cidades, diz o gerente operacional do Senai Vale do Taquari, Jerry Hibner. “O modelo é adaptado frente às características da localidade em que pode ser implementado. Em Lajeado, nos aproximamos da área de tecnologia por ser uma demanda do Pro_Move”, detalha.

A metodologia passou a fazer parte da oferta do Senai no RS e no país. Há cursos semelhantes em Garibaldi, Erechim, Serafina Corrêa, Guaporé. Para o próximo ano, há negociações com o governo de Porto Alegre para oferta de um itinerário do Trilhas.

“O mercado de trabalho dinâmico obriga uma atualização constante. Para os jovens, acreditamos que esse caminho precisa ser encurtado. As empresas dizem que querem pessoas mais preparadas. Por outro lado, o jovem precisa experimentar. Conhecer as áreas que podem atuar e escolher o que pretendem enquanto futuros profissionais”, ressalta Hibner.

Detalhes do Trilhas da Inovação

  • Primeiro projeto de inovação na área educacional em Lajeado, iniciado em 2021, a partir das discussões da quadruplice hélice (Pro_Move).
  • Nos dois primeiros anos, formou 218 estudantes (79 na primeira turma, em 21. No ano seguinte, 139.)
  • A turma de 2023 teve 129 concluintes.
  • É destinado para escolas da rede pública municipal, do 9º ano do Ensino Fundamental.
  • Curso com ênfase em inovação, engenharia e ciências exatas. São quatro trilhas independentes: eletrônica, robótica, fundamentos para programação de software e tecnologias da indústria 4.0.
  • O total é de 192 horas de aula no semestre.
  • O governo de Lajeado oferece lanche e transporte gratuito aos alunos. Além de investir nas formações. Neste ano, foi de R$ 224 mil.
  • Senai fornece material didático, uniforme, e caderno.

Galeria

Acompanhe
nossas
redes sociais