“O avanço da tecnologia contribui para o sedentarismo”

ENTRE ASPAS

“O avanço da tecnologia contribui para o sedentarismo”

Professor Miguel Lucian orienta como estimular o corpo e ser saudável

Por

Atualizado terça-feira,
08 de Agosto de 2023 às 14:49

“O avanço da tecnologia contribui para o sedentarismo”
Professor de Educação Física, Miguel Lucian (Foto: Mateus Rois)
Estrela

No “Entre Aspas”, do programa Frente e Verso, desta terça-feira, 8, o personal Miguel Lucian comenta sobre sedentarismo e os perigos agregados a ele. O termo “sedentário” é utilizado para descrever adultos que praticam menos de 150 minutos de atividade física leve por semana.

Ele afirma que o avanço da tecnologia tem contribuído para o sedentarismo nas pessoas. “O sedentarismo não é uma doença, é um comportamento. A tecnologia permite que tenhamos atividade física menor, nos tornando sedentários”, afirma Miguel.

Além da musculação e corrida, caminhadas também são uma ótima forma de exercício físico que estimula o corpo. De acordo com a Pesquisa Nacional da Saúde (PNS) de 2019, cerca de 47% da população não atingia o tempo mínimo de 150 minutos de atividade física por semana – o que é equivalente a apenas 20 minutos por dia.

Assista ao comentário na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais