Startup-SE

Opinião

Albano Mayer

Albano Mayer

Consultor executivo e articulador do Pro_Move Lajeado

Assuntos e temas do cotidiano

Startup-SE

Por

Vale do Taquari
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Passei dois dias imersos no mundo das Startups, participei do evento organizado pelo Sebrae – Startup Summit em Florianópolis, foram muitas palestras e oportunidade de estar próximo de muitas novidades atuais e que ainda estão por vir.

Assuntos atuais e futuros que nos enchem de curiosidade, como é o caso do Metaverso, Realidade Aumentada, NFT´s, Biticoins, DeFI (descentralized Finance), a descentralização do sistema financeiro, entre muitos temas que foram surgindo nas palestras.

Sobre esta parte, a primeira conclusão presenciamos nos últimos anos com várias inovações sendo incorporadas ao nosso dia a dia, fomos nos adaptando de forma natural, é o caso da Uber, iFood, PIX, banco digital, consultas online, entre tantas outras que são incorporadas à nossa vida. O que mais nos impacta atualmente é a ansiedade, queremos prever e entender todas as novidades, elas virão e certamente iremos nos adaptando.

Ouvindo o palestrante João Kepler, diretor do fundo de investimento Bossanova, sobre o tema: como o investidor analisa seu pitch (apresentação da sua empresa), o que mais me chamou a atenção foi uma das recomendações finais, após ele falar sobre várias possíveis análises financeiras que o investidor fará sobre a sua empresa, ele traz uma grande recomendação: antes de entender de negócios e startups, o gestor precisa entender de gente. Um empreendedor, um fundador, precisa se relacionar o tempo todo. Se você não gostar de gente, saia fora desse negócio.

Já na percepção de Mônica Hauck, CEO da Sólides, gigante de HR TECH, que recebeu em 2022, R$ 530 milhões em investimento, ela afirma que a empresa já tem aproximadamente 10% da força de trabalho nacional mapeada, com dados comportamentais e eficiência. Parte importante das suas recomendações foram: “tenha um plano bem definido e saiba dizer não, tenha disciplina na sua tese e no seu propósito”.

Já o Marcelo Lombardo, CEO da Omie, plataforma líder em gestão (ERP) na nuvem do Brasil, em que foi investida R$ 580 milhões em 2021, comentou: “uma empresa só tem duas formas de conseguir capital, através de investidores ou de seus clientes”. Aqui temos algo que eu acredito muito, capital a partir dos clientes é mais efetivo e se seu produto ou serviço estão adequados, esta origem de capital também será parte do sucesso do seu negócio.

Durante essa enxurrada de informações, soluções e tecnologia, algumas frases que me marcaram:

João Del Valle, CEO do EBANX: “Na dúvida, cresça!”;

Camila Farani: “Não é a inovação que vai acabar com o seu negócio, se você não inovar vai ficar pelo caminho”;

E para fechar, João Kepler, da Bossanova “Matar um leão por dia é fácil, difícil é desviar das antas!”.

Saio do evento com alguns créditos de conhecimento a mais, instigado pelas oportunidades que teremos a seguir e inquieto.

Teremos um grande desafio para seguirmos conectados com este mundo em movimento, portanto Startup-SE!


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook

Acompanhe
nossas
redes sociais