7 Notícias: Auxílio Brasil começará a ser pago no dia 17

DESTAQUES DA MANHÃ

7 Notícias: Auxílio Brasil começará a ser pago no dia 17

Confira as notícias que são destaque na manhã desta sexta-feira (29)

Por

7 Notícias: Auxílio Brasil começará a ser pago no dia 17
Foto: Agência Brasil
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O Ministério da Cidadania informou, nesta quinta-feira, que o Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família, começará a ser pago em 17 de novembro. Segundo a Pasta, no primeiro mês do programa, o governo federal não vai repassar o valor de R$ 400 a todas as famílias atendidas, conforme prometeu o presidente Jair Bolsonaro.

Para definir o valor do benefício em novembro, a Pasta explicou que o Executivo vai promover um reajuste no ticket médio que é distribuído atualmente às pessoas contempladas com o Bolsa Família, de R$ 189. Esse valor deve ser aumentado em 20%. Com isso, cada uma das 17 milhões de famílias que devem fazer parte do Auxílio Brasil receberão, em média, R$ 226.

A previsão do ministério é de que o valor de R$ 400 seja repassado a todo o público-alvo do programa a partir de dezembro. Para isso, o governo conta com a aprovação no Congresso Nacional da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios, dívidas da União reconhecidas pela Justiça.


Governo notifica Petrobras sobre aumento de combustíveis

O Ministério da Justiça enviou notificação para que a Petrobras e a Transpetro prestem esclarecimentos sobre o aumento do preço dos combustíveis e possíveis riscos no fornecimento de combustíveis, em especial no que se refere à capacidade de abastecimento, informou a Pasta nesta quinta-feira.

Segundo comunicado do ministério, a notificação foi feita na quarta-feira pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon). As empresas têm dez dias para responder, após o recebimento da notificação.


Caminhoneiros do RS avaliam participação em paralisação da categoria

Caminhoneiros autônomos tentam organizar paralisação nacional na próxima segunda-feira (1º). Os protestos estão sendo chamados também no Rio Grande do Sul, embora o tamanho da adesão seja incerto, conforme as entidades que representam o setor. Ao menos uma organização discorda do movimento.

A mobilização pode acontecer nas principais rodovias, segundo estimativa do presidente do Sindicato dos Caminhoneiros Autônomos de Ijuí e também diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística (CNTTL), Carlos Alberto Litti Dahmer. Na Região Sul, o ato também tem apoio do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Bens de Rio Grande (Sindicam). O Estado tem cerca de 250 mil caminhoneiros autônomos, segundo Litti.


Petrobras tem lucro líquido de R$ 31 bilhões no terceiro trimestre

A Petrobras anunciou, nesta quinta-feira, os resultados financeiros do terceiro trimestre de 2021 com lucro líquido de R$ 31,1 bilhões, 27,3% menor que o do segundo trimestre do ano, mas que diminuiu a dívida bruta da empresa para US$ 59,6 bilhões.

Com o resultado, a companhia atinge, com mais de um ano de antecedência, a meta de ficar com a dívida bruta em US$ 60 bilhões, prevista para o final de 2022. De acordo com a estatal, o cumprimento desta meta, mostra o “compromisso da companhia com uma gestão técnica e equilibrada”. A dívida da Petrobras chegou a mais de US$ 130 bilhões em 2014.


Retorno obrigatório do ensino presencial em todas as escolas do RS começa no dia 3 de novembro

Anunciado pelo governo do Estado na quarta-feira (27), o retorno obrigatório dos alunos às salas de aula das escolas gaúchas ocorrerá no dia 3 de novembro, depois do feriadão do Dia de Finados. O decreto que apresentará o detalhamento dessa decisão deve ser publicado nesta sexta-feira (29).

A mudança envolve todos os estudantes da Educação Básica das redes pública e privada de ensino. As etapas abrangidas são Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio, inclusive matrículas na Educação de Jovens e Adultos (EJA). A obrigatoriedade não afeta instituições de Ensino Superior.


Multifeira marca retomada dos grandes eventos na região

Começa hoje, o primeiro grande evento presencial da região desde o início da pandemia. A sétima Estrela Multifeira reúne a vocação aos negócios, turismo, cultura e entretenimento. São seis dias de evento e expectativa em reunir mais de 50 mil visitantes. O parque no Porto de Estrela tem 270 empreendimentos e a promessa de gerar milhões em negócios. Evento simboliza a retomada econômica do Vale do Taquari e pretende ser referência em tecnologia e processos de segurança sanitária. A solenidade oficial será às 10h, com a presença do vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, secretários estaduais, deputados e autoridades da região. Junto a líderes empresariais e expositores, eles serão recepcionados pelos anfitriões, o presidente da comissão organizadora Leandro Kremer; a presidente da Cacis, Andreia Zwirtes Kich; e o prefeito Elmar Schneider.


PT gastou R$ 500 mil em aluguel de jatinho de luxo para Lula

O Partido dos Trabalhadores (PT) gastou quase R$ 500 mil só em agosto, para transporte do ex-presidente Lula num jatinho de luxo em viagens pelo Nordeste. O dinheiro veio do Fundo Partidário, que, em boa parte, é formado por dinheiro público. Lula, que é presidente de honra do partido, viajou pelo Nordeste para encontros com lideranças políticas e sociais da região.

A informação foi bastante compartilhada nesta quarta-feira em postagens nas redes sociais. As mensagens traziam reportagens sobre o assunto, feitas com base em informação oficial. Como se trata de dinheiro público, os partidos devem prestar contas sobre como gastaram o que receberam do Fundo Partidário. O gasto com jatinho para Lula apareceu na prestação de contas do PT.

Apenas em agosto, foram gastos R$ 498 mil. Em maio, já tinham sido gastos mais de R$ 84 mil. Esses valores foram pagos pelo aluguel de aeronave da Air Jet Taxi Aéreo LTDA, que tem uma frota com três jatos executivos.

Acompanhe
nossas
redes sociais