Para não ficar no discurso

opinião

Thiago Maurique

Thiago Maurique

Jornalista

Coluna publicada no caderno Negócios em Pauta.

Para não ficar no discurso

Por

A primeira Live do Negócios em Pauta de julho não poderia ter sido mais instigante. Com o tema Inovação: como sair do discurso para a prática, o evento foi transmitido ao vivo no primeiro dia do mês – na mesma data que marcou os 18 anos do Grupo A Hora e os cem primeiros dias da Rádio A Hora.

Tive a honra de mediar o debate, de altíssimo nível graças à qualidade dos convidados. Representando Alvap, BIMachine, American Nutrients e Inovates, Alberto Valdameri, Ana Paula Thesing, Daiane Carvalho e Michel Machado contribuíram com o conhecimento de quem vive a inovação no cotidiano.

Esse novo ambiente de negócios floresce na cooperação entre empresas de diferentes setores, no compartilhamento de ideias e nos projetos realizados em conjunto. Se torna robusto com o uso de metodologia científica e a busca incessante por conhecimento – o papel da academia nunca foi tão relevante.

Foram quase duas horas de conversa que podem ajudar a transformar o discurso e o conceito da inovação em ações práticas nas mais diferentes realidades. O conteúdo completo está disponível no Facebook do Grupo A Hora, uma das vantagens do formato Live, e o resumo nas páginas dessa edição do caderno.

Em tempo

Parceira do A Hora no projeto Negócios em Pauta (e em muitas outras iniciativas), a Acil também aposta nas Lives para retomar os tradicionais eventos de qualificação empresarial promovidos pela entidade. No dia 30 de junho, a associação realizou evento virtual com o sócio-diretor da Docile Alimentos Ricardo Heineck, com o tema “A retomada da indústria pós-pandemia.”

Boa Leitura!

Pandemia e a digitalização das empresas

Poderia ser de outra forma, mas a pandemia de coronavírus acelerou as tendências que já eram apontadas por especialistas para o futuro dos negócios. A digitalização das empresas é uma delas, muito falada, mas com poucos exemplos de aplicação na prática – até o advento do distanciamento social, quando a necessidade ficou posta.

O tema foi debatido pela Federasul no dia 8 de julho, durante live em que foi apresentado estudo sobre o comportamento do consumidor após os 100 primeiros dias de isolamento. O CEO do hub estratégico G5, João Satt Filho, apresentou dados da pesquisa que, segundo ele, indica um amadurecimento coletivo e uma imersão forçada ao mundo digital.

Ao todo, 70% dos entrevistados afirmam que as mudanças no estilo de vida e consumo devem se manter após o fim da pandemia. Um dado relevante para o futuro dos negócios.

MARCANTE E ATUAL

“O consumidor passou a ser o principal elemento de pressão por mudanças dentro das organizações. É ele que exige respostas mais rápidas para o atendimento das suas necessidades.”  – Julio Motin

diretor presidente da Dimed durante o Empreinove, em novembro de 2019.

Fruki lança refrigerante exclusico para SC

A Fruki anuncia lançamento de um sabor de refrigerante exclusivo para os consumidores de Santa Catarina. A Laranjinha Fruki chega ao mercado na segunda quinzena de julho, na versão PET 2 litros.

Presidente da empresa, Aline Eggers Bagatinin afirma que o novo sabor atende a uma demanda do público catarinense. “Sempre que migramos para outras cidades, estudamos a realidade e comportamento do consumidor.”

Em fevereiro, a Fruki fez pesquisas em todas as regiões de Santa Catarina e ofereceu amostras do novo refrigerante para diversos parceiros, que já comercializam outros produtos da empresa. A resposta positiva levou à concretização do projeto.