CTG de Porto Alegre adota entidade de Arroio do Meio

APÓS ENCHENTE

CTG de Porto Alegre adota entidade de Arroio do Meio

Auxílio será para a reconstrução tanto do prédio quanto da área campeira, onde os sócios utilizavam a pista para o tiro de laço

Por

Atualizado terça-feira,
28 de Maio de 2024 às 15:13

CTG de Porto Alegre adota entidade de Arroio do Meio
Foto: Gabriel Santos
Arroio do Meio

Em um gesto de solidariedade e apoio, o Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Pousada da Figueira, da Lomba do Pinheiro de Porto Alegre, decidiu adotar o CTG Querência do Arroio do Meio, que sofreu grandes prejuízos após uma enchente.

A entidade da capital gaúcha se comprometeu a auxiliar na reconstrução tanto do prédio quanto da área campeira, onde os sócios utilizavam a pista para o tiro de laço.

O patrão do CTG Querência do Arroio do Meio, André Quinot, descreveu a situação como desoladora. “A destruição é enorme e não sabemos como recomeçar”, afirmou. A força das águas arrancou parte do telhado e danificou gravemente as paredes, além de destruir vestimentas e equipamentos elétricos essenciais para o funcionamento do CTG”, disse em entrevista no programa o Vale em Pauta.

Para angariar fundos e recursos necessários para a reconstrução, o CTG Pousada da Figueira está organizando uma live solidária em Porto Alegre. Durante o evento, serão arrecadadas doações que serão integralmente destinadas ao CTG Querência do Arroio do Meio. “A solidariedade entre os CTGs é fundamental neste momento de dificuldade”, destacou Quinot.

Além do apoio do CTG de Porto Alegre, a entidade de Arroio do Meio também recebeu ajuda de outros CTGs da região, incluindo os de Capitão e Sarandi. Foi organizada uma força-tarefa para limpar e iniciar os reparos emergenciais. “Organizamos uma força-tarefa para conseguir limpar e começar a reconstrução”, relata.

Os planos de investimentos na sede e a participação em eventos importantes do estado, um deles o Enart, que estavam previstos para este ano, terão que ser adiados. “Tínhamos a intenção de aumentar o número de sócios, vários eventos, mas isso ficou para outro momento”, lamentou o patrão.

Foto: Gabriel Santos

Acompanhe a entrevista na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais