Cerca de 1,3 mil casas foram afetadas pela cheia em Cruzeiro do Sul

CATÁSTROFE

Cerca de 1,3 mil casas foram afetadas pela cheia em Cruzeiro do Sul

Prefeito João Dullius (MDB) afirma que Secretaria de Planejamento trabalha para encontrar terrenos aptos a receber atingidos

Por

Atualizado terça-feira,
21 de Maio de 2024 às 14:27

Cerca de 1,3 mil casas foram afetadas pela cheia em Cruzeiro do Sul
Foto: Arquivo A Hora
Cruzeiro do Sul

Segundo dados informados pelo prefeito de Cruzeiro do Sul, João Dullius (MDB), em torno de 1,3 mil casas foram impactadas pela cheia do início de maio, sendo que somente no bairro Passo Estrela o número chega a 700 residências. Informação foi compartilhada pelo gestor no programa O Vale em Pauta, desta terça-feira, 21.

Em visita de Eduardo Leite (PSDB), ao Vale do Taquari, no fim de semana, o governante visitou o município de Cruzeiro do Sul e se assustou com a realidade da região. “Quando ele viu aquilo, ficou apreensivo com o cenário e se comprometeu a enviar recursos quanto antes para realizar a reconstrução”, afirma Dullius.

O gestor considera que o auxílio dos governos são imprescindíveis. “Se não tivermos o aporte do governo federal e estadual, fica difícil o município arcar com todo esse fardo pelo tamanho da destruição.” Complementa dizendo que é necessário agilidade devido às ondas intensas de frio nas próximas semanas.

Sobre a realocação dos moradores de áreas alagáveis, agora consideradas inabitáveis, para áreas seguras, ele menciona que a secretária de planejamento está trabalhando intensamente para encontrar terrenos aptos a receber esses moradores e que irão prezar pela identidade deles. “Não adianta botarmos ela em um lugar fora da realidade, onde perde o vínculo familiar e cultural.”

As forças também estão sendo direcionadas a recuperação do comércio, que foi fortemente impactado e tem demandas severas, mas que serão resolvidas porque quando o comércio volta a funcionar, a economia vai engrenando, salienta o prefeito.

Para finalizar ele compartilha o atual número de telefone do governo municipal 2220-0141 ou 2220-0143 e também o da Defesa Civil (51) 98184-7952.

Números em Cruzeiro do Sul

  • 11 óbitos
  • 11 desaparecidos
  • 5722 desalojados
  • 317 não habitáveis
  • 776 casas destruídas
  • 201 residencias precisando de avaliação

Acompanhe
nossas
redes sociais