Pista da ponte do Rio Taquari pode ser liberada domingo

TRÂNSITO

Pista da ponte do Rio Taquari pode ser liberada domingo

Em primeiro momento, será para abastecer as cidades, de forma exclusiva, com alimentação e combustível

Por

Atualizado sábado,
04 de Maio de 2024 às 12:22

Pista da ponte do Rio Taquari pode ser liberada domingo
Foto: Aldo Lopes
Vale do Taquari
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Uma pista da ponte sobre o Rio Taquari, entre Lajeado e Estrela, pode ser liberada neste domingo, 4. A CCR ViaSul trabalha para deixar a faixa da BR-386 em condições mínimas de uso.

Em primeiro momento, será para abastecer as cidades, de forma exclusiva, com alimentação e combustível. O anúncio foi feito pelo prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo, e a vice-prefeita, Glaucia Schumacher, via redes sociais.

Nota da CCR sobre obras: 

A CCR ViaSul informa que já trabalha nas ações iniciais de recuperação da ponte do Rio Taquari e da chamada Ponte Seca, na região de Lajeado na BR-386/RS. Desde a manhã deste sábado (4), as equipes da Concessionária vêm implantando ações em ambos os pontos, sendo:

  • Ponte Seca (km 349): as equipes da CCR ViaSul já trabalham no local desde a manhã deste sábado (4). No loca, atuam máquinas como escavadeira, escavadeira hidráulica, retroescavadeira, caminhões basculantes e munck, desempenhando serviços de limpeza e recomposição do terrapleno com pedra rachão. Em paralelo, outras equipes de engenharia da Concessionária também fazem as análises técnicas da estrutura;
  • Ponte do Rio Taquari (km 350): entre o sábado e domingo (4 e 5), comitiva formada pelos engenheiros da CCR, consultores técnicos, especialistas de infraestrutura do Estado da região farão vistoria técnica da estrutura avaliando, inicialmente, a superestrutura, pilares, aparelhos de apoio e, num segundo momento, as cabeceiras da ponte.

A CCR ViaSul reforça que conta com equipes de geólogos, engenheiros e equipamentos preparados para, tão logo as condições de segurança permitam, avaliar a condição das pontes e viadutos afetados pelas inundações e desobstruir as vias fundamentais para o transporte de pessoas e recursos.

Importante salientar, também, que estamos em constantes conversas com PRF, Bombeiros, Defesa Civil e demais órgãos que realizam ações fundamentais em períodos tão dramáticos quanto o que vivemos.

Não mediremos esforços para viabilizar essa desobstrução das vias o quanto antes, buscando alternativas para prestar o apoio, priorizando as áreas onde existem pessoas isoladas pelos deslizamentos.

Acompanhe
nossas
redes sociais