“Canil de Portas Abertas” comemora número de adoções

SEGUNDA EDIÇÃO

“Canil de Portas Abertas” comemora número de adoções

Criado com o objetivo de estimular a adoção de cães abrigados no espaço, o evento foi considerado um sucesso

Por

“Canil de Portas Abertas” comemora número de adoções
Foto: divulgação
Lajeado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O Canil Municipal de Lajeado registrou sete adoções de cães durante a segunda edição do evento “Canil de Portas Abertas”, realisado no domingo, 21. Criado com o objetivo de estimular a adoção de cães abrigados no espaço, o evento foi considerado um sucesso, tendo contribuído inclusive para adoções realizadas ao longo da semana que o antecedia.

“A visitação ao canil foi estimulada pelo anúncio do evento durante a semana, quando registramos 9 adoções”, destaca a coordenadora do Canil Municipal, Celi Ulrich.

Além de celebrar o sucesso da ação com o grande número de adoções, a coordenadora considera que o evento também foi importante para as pessoas conhecerem o canil, o trabalho realizado no local e os cães abrigados. Segundo Ceci, foi uma oportunidade de aproximar os cães de futuros potenciais tutores.

“Temos outros dois cães que serão adotados hoje, além de quatro filhotes que foram reservados, pois ainda não possuem idade mínima para serem adotados, bem como uma cadela que também foi reservada”, explicou.

Vinculado à Secretaria do Meio Ambiente, Saneamento e Sustentabilidade (Sema) de Lajeado, o Canil Municipal atua de forma contínua abrigando cachorros de rua abandonados, doentes, machucados, atropelados e em situação crítica que necessitam de cuidados veterinários até que consigam um lar definitivo. Atualmente, o local abriga 235 cães, 136 a mais do que a sua capacidade.

O que é preciso fazer para adotar?

As visitas ao canil podem ser feitas durante a semana. Para realizar a adoção, o adotante, após escolher o animal, passa por uma entrevista breve de adoção. A equipe do canil aborda temas como posse responsável, temperamento do animal, situação familiar, local em que será abrigado, condições financeiras da família, entre outros.

Concluída a entrevista, é necessário preencher um termo de adoção em duas vias. Após o protocolo, o animal é liberado para ir para o novo lar. Os cães disponíveis para adoção são filhotes e adultos, de porte P ao G, e todos são castrados, vacinados, desverminados, microchipados e muitos já estão adestrados.

Acompanhe
nossas
redes sociais