Manifestantes cobram soluções para a “Curva da Morte”

Mobilização

Manifestantes cobram soluções para a “Curva da Morte”

Protesto ocorreu na manhã deste sábado, dois dias após acidente com dois óbitos na ERS-129

Por

Manifestantes cobram soluções para a “Curva da Morte”
Crédito: Brayan Bicca
Muçum

Dezenas de moradores protestaram na manhã deste sábado, 6, contra a falta de segurança na ERS-129, em Muçum. O ato ocorreu próximo ao local onde foi registrado, na quinta-feira, 4, um acidente com dois óbitos, na chamada “Curva da Morte”. Os manifestantes, de forma pacífica, partiram do Posto Sander, no bairro Fátima, e se deslocaram até o trevo de acesso secundário à cidade, com faixas e cruzes simbolizando as vidas perdidas.

Um dos líderes da manifestação, o caminhoneiro Paulo Isidoro de Melo espera que a manifestação sensibilize autoridades. “O que a gente espera, a partir de hoje, é a melhoria. Queremos a caixa de brita, a demarcação e o que mais importa hoje, a sinalização da rodovia. Placas avisando sobre a curva”, salienta. Caso não se tenham soluções, ele não descarta que um protesto mais forte, com bloqueio da rodovia.

Também presente no ato, o prefeito de Muçum, Mateus Trojan, parabenizou os organizadores. Cita que, desde a época de vereança, busca a melhoria no trecho. “É uma demanda de décadas, desde que foi feita a rodovia neste formato. Fiz p rojetos e encaminhamentos ao Estado, à EGR e ao Daer, mas não temos percebido senso de prioridade e de urgência por parte deles”, lamenta.

A manifestação também teve a participação da assessora do deputado estadual Guilherme Pasin (PP), Paula Teixeira. Ela lembra do projeto de lei, de autoria do parlamentar, justamente para garantir maior segurança aos motoristas nas rodovias.

“É uma proposta cujo objetivo é salvar vidas. Foi protocolado em 2023, aprovcado e sancionado pelo governador. Está em processo de regulamentação. Em seguida, será feito o estudo para implantação dessas caixas de brita, que podem vir a ajudar”.

Relembre

Por volta das 12h de quinta-feira, 4, um caminhão com placas de Porto Alegre seguia no sentido Vespasiano Corrêa-Encantado quando perdeu o controle e tombou fora da pista, no quilômetro 86 da ERS-129, em Muçum. Morreram no local o motorista Henri Edmond Ghabril, 55, de Porto Alegre, e o auxiliar Kelvin Morais de Moraes, 23.

Os dados mais recentes, apurados pelo Comando Rodoviário da Brigada Militar de Encantado, apontam que desde 2022 até agora foram registrados quatro óbitos no KM 86 da rodovia ERS-129, que compreende o trecho conhecido como a Curva da Morte.

LEIA TAMBÉM: “Curva da Morte” deixa quatro óbitos em dois anos

Acompanhe
nossas
redes sociais