Santa Tereza adota Educação Patrimonial no currículo escolar

REGIÃO ALTA

Santa Tereza adota Educação Patrimonial no currículo escolar

Aulas objetivam gerar conhecimento aos mais jovens sobre como seguir preservando a cultura da cidade

Por

Santa Tereza adota Educação Patrimonial no currículo escolar
Foto: divulgação
Santa Tereza
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Em um movimento importante para cultura da cidade, o governo municipal de Santa Tereza anunciou a inclusão da disciplina de Educação Patrimonial no currículo escolar. Essa iniciativa tem como objetivo principal sensibilizar e educar as crianças sobre a importância da preservação do Patrimônio Histórico-Cultural local.

Com um conjunto arquitetônico rico em história e beleza, Santa Tereza abriga diversos imóveis tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), o que atrai olhares de turistas e visitantes. Agora, os estudantes da cidade terão a oportunidade de entender a relevância dessas edificações e seu contexto histórico.

“A inserção dessa disciplina condiz com uma relevância muito expressiva para o município, por conta deste ser tombado pelo IPHAN. Queremos fazer com que as crianças, desde cedo, compreendam a imponência que esta titulação traz para Santa Tereza. É uma questão cultural, histórica, é a valorização dos nossos antepassados, é buscar o conhecimento necessário para que este patrimônio seja mantido e aprimorado, fazendo com que, desta forma, com o passar do tempo, e dentro de um planejamento consolidado, todo esse conhecimento possa trazer resultados benéficos para o desenvolvimento de Santa Tereza”, ressalta a prefeita Gisele Caumo.

A disciplina de Educação Patrimonial se junta a outras atividades extracurriculares já oferecidas nas escolas, como inglês, italiano e ginástica cerebral. Desde o anúncio, as crianças têm demonstrado interesse e entusiasmo em aprender sobre o tema. “Queremos que nossos alunos, quando adultos, consigam perpetuar e valorizar nossa cultura, nossa descendência”, salienta a prefeita Gisele Caumo.

O programa educacional incluirá atividades práticas, visitas guiadas a monumentos históricos e projetos de conscientização sobre a conservação do patrimônio. Com isso, Santa Tereza reforça seu compromisso com a preservação cultural e o desenvolvimento de uma consciência coletiva em prol do patrimônio histórico da cidade.

Acompanhe
nossas
redes sociais