Saúde de Encantado treina equipe para analisar larvas do Aedes Aegypti

DENGUE

Saúde de Encantado treina equipe para analisar larvas do Aedes Aegypti

Laboratório Municipal de Entomologia começa a operar nos próximos dias. Estrutura promete agilizar o processo de identificação e controle do vetor

Por

Atualizado terça-feira,
02 de Abril de 2024 às 10:16

Saúde de Encantado treina equipe para analisar larvas do Aedes Aegypti
Foto: divulgação
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Começa a funcionar nos próximos dias, no município de Encantado, o Laboratório Municipal de Entomologia, para análise de larvas do mosquito Aedes Aegypti, causador da dengue. Ele funcionará em anexo a Secretaria da Saúde e Meio Ambiente, na prefeitura. Com a finalidade de analisar larvas do mosquito Aedes Aegypti, responsável pela transmissão da doença, o laboratório promete agilizar o processo de identificação e controle do vetor.

A iniciativa reflete um esforço coordenado entre a 16ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) e a Administração Municipal, visando fortalecer a capacidade de atendimento e prevenção em toda a região alta do Vale do Taquari. Neste momento, a equipe da Secretaria da Saúde e Meio Ambiente passa por treinamentos para início dos trabalhos e é aguardado ainda a chegada dos equipamentos. A 16ª CRS irá emprestar um microscópio pelo período de 5 anos.

Para a titular da pasta de Saúde e Meio Ambiente, Karoline Crippa, a implantação é um passo adiante na prevenção da Dengue, destacando que, com o laboratório operando localmente, não será mais necessário enviar amostras para Lajeado, o que reduzirá a sobrecarga e proporcionará resultados mais rápidos. “O laboratório permitirá a implementação de ações de prevenção mais ágeis e pontuais. É uma iniciativa que não só reafirma o compromisso de Encantado com a excelência em saúde pública, mas também contribui para a preparação contra futuras demandas na região”, observa.

Atualmente, o município de Encantado tem oito casos de Dengue, número que é inexpressivo se comparado ao mesmo período do ano passado, quando era contabilizado 628 casos. A baixa no comparativo é fruto de uma série de ações de prevenção possíveis. “O laboratório em Encantado, soma-se a todas medidas que estão sendo tomadas, para que seja reduzido o risco de uma epidemia de Dengue”, destaca a secretária.

Acompanhe
nossas
redes sociais