Desassoreamento facilita a vazão e previne alagamentos em Marques de Souza

DISTRITO DE TAMANDUÁ

Desassoreamento facilita a vazão e previne alagamentos em Marques de Souza

Capacidade de escoamento da água era reduzida e causava inundações em períodos de chuvas intensas

Por

Desassoreamento facilita a vazão e previne alagamentos em Marques de Souza
Serviço é uma medida proativa para garantir a segurança dos moradores ribeirinhos contra eventos climáticos extremos (Foto: Giovane Weber/FW Comunicação).
Marques de Souza
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

No Distrito de Tamanduá, o leito do arroio estava assoreado, ou seja, com muitos sedimentos em seu leito. A capacidade de escoamento da água era reduzida e causava inundações em períodos de chuvas intensas.

Após a liberação da licença ambiental, as máquinas começaram o trabalho para fazer a remoção de cascalhos, galhos e demais materiais para ajudar a manter o fluxo natural da água.

Para o Secretário Municipal de Obras, Marcelo Stoll, o desassoreamento desempenha um papel crucial na gestão hídrica. “O trâmite legal demorou, mas assim que conseguimos, logo iniciamos os trabalhos. Com isso a capacidade de drenagem é restaurada, permitindo que a água flua de forma mais eficiente e segura durante períodos de enxurradas ou cheias.”

O prefeito Fábio Mertz vistoriou as obras e destacou a importância dessa prática de manutenção como uma medida proativa para garantir a segurança dos moradores ribeirinhos contra eventos climáticos extremos. “A localidade sofre com problemas crônicos há muito tempo. Esse desassoreamento facilitará o escoamento das águas e evitará que qualquer chuva possa fazer com que ocorram alagamentos nas residências ou obstrução da via.”

Serviço aprovado

Na última enxurrada a água do arroio transbordou e invadiu a estrada, casas e até o Posto de Saúde. As obras em andamento são elogiadas pelo morador Rubens Konrath. “O acumulo de galhos, árvores e cascalhos travava a vazão e com qualquer chuva mais forte, a água transbordava. Agora este problema está solucionado.”

Acompanhe
nossas
redes sociais