Fruki apresenta Água da Pedra em lata no South Summit

NOVIDADE NO MERCADO

Fruki apresenta Água da Pedra em lata no South Summit

Bebida está disponível nas versões com e sem gás. Empresa levará ao evento 64 mil unidades do produto

Por

Fruki apresenta Água da Pedra em lata no South Summit
Foto: Vinny Oliveira / SimplePix / Divulgação
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

A Fruki Bebidas escolheu o South Summit Brazil, que acontecerá de 20 a 22 de março em Porto Alegre, para apresentar ao público seu mais recente lançamento: Água da Pedra com e sem gás na embalagem lata sleek. O evento, que é ponto de encontro global entre investidores, startups e grandes empresas, deve receber 24 mil pessoas ao longo dos três dias de programação no Cais Mauá.

O público presente nas atrações será apresentado, em primeira mão, ao lançamento, que chegará aos pontos de venda de Rio Grande do Sul e Santa Catarina em abril. “A primeira linha de envase acontece no mesmo período do evento, o que nos permitirá mostrar para pessoas de diversas partes do mundo um produto que vai ao encontro do South Summit por ter sido desenvolvido com a inovação como pilar”, afirma o Júlio Eggers, Diretor Administrativo e de Marketing da empresa.

Ao todo, entre ações de sampling e comercialização, serão 64 mil unidades de Água da Pedra em lata para hidratar e aliviar o calor. Além das águas minerais com e sem gás, as versões saborizadas limão e alecrim, frutas vermelhas e abacaxi e hortelã, lançadas em novembro de 2023 e sucesso de vendas – com comercialização em um mês da quantidade prevista para o ano –, também entram nesta ação de experiência durante o evento. “Junto ao desenvolvimento deste produto, modernizamos, também, a identidade visual da marca. Todas as mudanças visam pelo melhor atendimento aos clientes e consumidores, em atenção às tendências do setor e da indústria”, pontua Eggers.

Segundo relatório da Mordor Intelligence, o mercado de bebidas saudáveis deve saltar de US$ 344,4 bilhões, em 2023, para US$ 408,8 bilhões em 2024, com CAGR (taxa de crescimento anual composto) de 3,49% no período, representando um dos segmentos de maior crescimento no mundo. Em termos de sabores, as variedades cítricas dominam a demanda, conforme o estudo, o que contribuiu para as escolhas dos novos SKUs – além das combinações serem tradicionais na realidade local.

Foto: Vinny Oliveira / SimplePix / Divulgação.

Cadeia sustentável

A criação da água mineral em lata é fruto de duas realidades impostas por preocupações do público: saúde e sustentabilidade. De acordo com levantamento da Recicla Latas/Abal/ABRALATAS, o Brasil reciclou a totalidade de latas de alumínio que envasaram bebidas em 2022. Outro número importante foi revelado pela Associação Brasileira de Alumínio (Abal), que indicou que as embalagens de lata representam 36% do consumo do país. “Estamos sempre visando a inovação e atentos ao que o mercado e os consumidores desejam. Com a nova embalagem, reforçamos o compromisso de evoluções cada vez mais sustentáveis da Fruki”, acrescenta Eggers.

A reciclagem da totalidade de latas em 2022, que significam 31,9 bilhões de unidades e 390 mil toneladas de alumínio, evitou a emissão de aproximadamente duas milhões de toneladas de gases de efeito estufa. O país conta com uma cadeia consolidada de reciclagem do material, que pode ser reaproveitado inúmeras vezes sem perder características, servindo a diversos segmentos da indústria.

Acompanhe
nossas
redes sociais