Morre médico Lucildo Drebes, um dos fundadores da Unimed

AOS 85 ANOS

Morre médico Lucildo Drebes, um dos fundadores da Unimed

Pediatra também teve significativa participação na Fundef e Unicred. Corpo é velado na capela ecumênica da Funerária Huwe, no bairro Montanha, em Lajeado

Por

Atualizado terça-feira,
19 de Março de 2024 às 14:49

Morre médico Lucildo Drebes, um dos fundadores da Unimed
Foto: arquivo pessoal

Morreu na manhã desta terça-feira, 19, o médico Lucildo Drebes, aos 85 anos, no Hospital Bruno Born (HBB). Ele foi um dos fundadores da Unimed Vale do Taquari e Rio Pardo (VTRP) e da Unicred. Também é reconhecido como o primeiro pediatra da Fundação para Reabilitação das Deformidades Crânio-Faciais (Fundef).

Histórico

Natural de Crissiumal e graduado em medicina em 1968 pela Faculdade Católica de Medicina, atual Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), Lucildo Drebes concluiu sua residência médica em pediatria na Santa Casa em Porto Alegre.

Em 1970, começou sua atuação na pediatria do Hospital Estrela, e em 1973, foi convidado a integrar o corpo clínico no Hospital Bruno Born de Lajeado. Sua atuação nessa instituição foi marcada por décadas de dedicação, onde se destacou como especialista em neonatologia, sendo um dos responsáveis pela implantação da primeira UTI pediátrica.

Além de sua contribuição na área médica, Lucildo Drebes foi um dos fundadores da Unimed Vale do Taquari em 1971, da Fundef em 1992 e da Unicred em 1995. Sua carreira profissional se estendeu até 2012. Drebes era casado com a jornalista Lourdes Kuhn, natural de Arroio do Meio, filha de Helmuth Kuhn, e pai de Maurício, Magali e Margareth.

Velório

O corpo é velado nesta terça-feira, 19, entre 14h e 22h, na Capela Ecumênica da Funerária Huwe, localizada no bairro Montanha, em Lajeado. As homenagens em memória de Lucildo Drebes estão abertas ao público e se estendem até o fim da noite de hoje, com a cerimônia de despedida marcada para as 21h. A cremação ocorre na quarta-feira, 20.

Acompanhe
nossas
redes sociais